Como criar um blog por si próprio? Confira estas 10 plataformas
Como criar um blog por si próprio? Confira estas 10 plataformas
Como criar um blog por si próprio? Confira estas 10 plataformas

Como criar um blog por si próprio? Confira estas 10 plataformas


Como criar um blog por si próprio é uma pergunta feita com frequência nos últimos 15 anos. Mesmo que hoje você possa produzir um podcast, gravar vídeos no YouTube e simplesmente divulgar conteúdo direto nas redes sociais, os blogs estão longe de morrer.


Assim como o email marketing – ainda a melhor maneira de fazer vendas pela internet e ganhar dinheiro -, os blogs ainda são visitados com frequência e em bons números.

Por isso, não se sinta defasado por preferir aprender como criar um blog por si próprio. Em tempos de quarentena, na qual parte da população está mais tempo em casa, você pode aproveitar essas horas a mais para trabalhar em casa.

Quem sabe essa não é a hora de você colocar suas ideias para o mundo, começar seu próprio negócio sem sair de casa ou simplesmente faturar uma renda extra trabalhando na internet?

Veja a seguir como criar um blog por si próprio e confira as 10 melhores plataformas para começar!

Como criar um blog por si próprio?

Aprender como criar um blog por si próprio é muito mais fácil hoje do que há alguns anos. Não precisa ser um web designer profissional para criar sua página na web.

Por outro lado, precisa sim seguir alguns passos para montá-lo e deixá-lo funcional. A primeira coisa a fazer, antes mesmo de sentar em frente ao computador, é definir sobre o que irá escrever.

Atualmente, blogs que falam sobre tudo ou sobre sua vida pessoal praticamente não existem mais. Esses conteúdos passaram a fazer parte do dia a dia das mídias sociais.


Por isso, escolha um assunto que seja do seu interesse e que tenha um bom público. Em 2020, os blogs de moda, culinária, viagem – embora nossa equipe não recomende começar um agora por conta do coronavírus-, música e esportes são alguns dos assuntos mais procurados.

A seguir, veja um breve passo a passo do que fazer para ter seu blog online em pouco tempo!

Escolha o domínio do seu blog

O domínio nada mais é que a URL do que será a sua página inicial. Por exemplo, o nosso domínio aqui é o apptuts.net.

Outro detalhe importante a se considerar sobre os domínios é que eles não são iguais. Domínios com extensão “com.br”, por exemplo, estão diretamente associados ao Brasil. Se não pretende criar um blog internacional, pode registrar um domínio com essa extensão acessando o registro.br, onde poderá saber se alguém já está usando o nome que pensou.

como-criar-blog-si-proprio-registro

Em extensões como “.com” e “.net”, que são internacionais, você precisará indicar aos mecanismos de busca em quais idiomas ele está escrito, para aparecer nas pesquisas correspondentes. Não é indicado a não ser que pretenda traduzir o seu blog para outros idiomas.

Escolha um serviço de hospedagem

Para ter um endereço na web, você precisa contratar um serviço de hospedagem. É nele que tudo do seu blog ficará armazenado e disponibilizado aos seus futuros leitores.

Além do preço, opte por um serviço conhecido por sua estabilidade e segurança das informações, necessários para manter o seu blog online o máximo que puder.

Para conhecer melhor as diferentes plataformas, não deixe de conferir esse artigo comentando sobre os principais serviços de hospedagem de sites disponíveis na web.

Após selecionar o assunto que irá abordar, ver se o nome que pensou para o seu blog está disponível e selecionar a melhor hospedagem para você, chegou a hora de conhecer as principais plataformas que te permitirão aprender como criar um blog por si próprio.

Confira a seguir!

1. WordPress.org

É impossível escrever sobre criar blogs sem mencionar o WordPress.org, a plataforma mais usada no mundo.

Gratuita, ela possibilita realizar diversas personalizações, já que conta com um acervo quase interminável de modelos gratuitos e pagos, facilitando bastante a construção do seu blog.

Além disso, não faltam materiais educativos ensinando como criar um blog por si próprio nele. Nestes materiais, você aprenderá a lidar com a plataforma, assim como conhecer as melhores extensões que pode instalar para ajudar no crescimento do blog.

Para usá-la, basta se registrar no WordPress.org, baixá-lo e instalar no servidor do serviço de hospedagem que contratou como recomendamos anteriormente no artigo.

A partir daí, poderá personalizar o seu blog, deixá-lo online e compartilhar os seus primeiros conteúdos!

wordpress

2. WordPress.com

Com a possibilidade de criar blog grátis ou pago, o WordPress.com funciona de maneira diferente ao anterior. Com menos opções de personalização, a plataforma é mais fácil de usar que a sua contraparte.

Por outro lado, ela oferece mais limitações, o que pode dificultar sua vida caso o seu blog cresça. Alguns exemplos dessas limitações é a impossibilidade de enviar modelos personalizados, instalar plugins e até mesmo editar o código HTML.

Ainda assim, vale lembrar que ele também conta com extenso material educativo, facilitando aprender como criar um blog por si próprio sem recorrer a cursos ou materiais externos. Outra vantagem é a hospedagem inclusa, sem que precise contratar um serviço por fora.

Clique no link para conhecer o WordPress.com.

3. Blogger

A terceira opção também é grátis e é oferecida pelo próprio Google. O Blogger é facilmente a ferramenta mais simples dessa lista.

Você não precisará se preocupar tanto com a questão do registro de domínio, nem o de hospedagem. Basta escrever seu conteúdo e colocar as suas mídias. Ainda assim, você tem a opção de personalizar seu conteúdo, colocando widgets – que funcionam como extensões – e até mesmo editar o código HTML das páginas.

Por outro lado, há poucas oportunidades para escalar o seu blog. Ou seja, não existem muitas alternativas de crescimento caso o número de visitas que recebe no blog aumente.

Isso significa que, se você é um iniciante e está aprendendo como criar um blog por si próprio, o Blogger é excelente para começar e aprender como funciona uma plataforma de blog. Porém, quando o seu blog crescer, deverá pensar na troca de plataforma.

Acesse a página para conhecer o Blogger.

como-criar-blog-si-proprio-blogger

4. Medium

Voltado para a escrita, o Medium é um canal conhecido para quem produz conteúdo, mas não tem tempo de ficar pensando em pormenores ou personalizações. Basta criar a sua conta, seguir alguns produtores de conteúdo e começar a produzir o seu.

Isso o torna uma espécie de híbrido entre blog e redes sociais. A interface também é um dos principais benefícios do Medium, já que ele é bastante intuitivo e fácil de usar. Também é fácil de incluir conteúdo do YouTube no texto, permitindo variar as mídias que usa para ilustrar o que está escrevendo.

Por outro lado, a falta de personalização pode incomodar à medida que vai se familiarizando com a ferramenta e aprendendo como ela funciona. Também ele é mais limitado para quem tem a intenção de usar anúncios patrocinados para expandir o seu alcance.

Além disso, vale um alerta importante: o Medium é uma plataforma de uma empresa terceirizada. Isso significa que, após publicado, o conteúdo foge do seu controle. Se o Medium um dia resolver que o tipo de conteúdo que escreve não é bem-vindo, eles podem facilmente derrubar todo o seu perfil, acabando com o seu blog.

Por isso, o Medium é uma boa ideia para não deixar de publicar conteúdo na internet, enquanto ainda está a juntar dinheiro para contratar uma hospedagem. Porém, não mantenha seu conteúdo nele para sempre.

Clique no link para começar a criar conteúdo no Medium!

como-criar-blog-si-proprio-medium

5. Tumblr

Pode parecer incomum pensar na criação de blogs em uma rede social relativamente desconhecida, mas é perfeitamente possível usá-la como uma plataforma para escrever artigos. O Tumblr permite que crie um domínio personalizado, além de facilitar interações e comentários. É possível que receba comentários já nas suas primeiras postagens, por exemplo.

Além disso, terá também a opção de publicar vídeos, se achar mais adequado. Por outro lado, ele também é propriedade de uma empresa, que pode derrubar quaisquer conteúdos quando julgar necessário.

Saiba mais sobre o Tumblr acessando o link.

6. Textpattern

Outra opção para quem quer aprender como criar um blog por si próprio, o Textpattern é ideal para criar blog pessoal. É uma das poucas que permite fazer o download e usá-la a partir de um software próprio, como se fosse um editor de texto.

Grátis, ele tem uma interface limpa, ideal para quem costuma se distrair facilmente por qualquer coisa que pipoque na tela. Ele também oferece suporte ao uso de códigos HTML ou Markdown, ambos populares entre blogueiros.

Vale lembrar que é necessária a contratação de domínio e hospedagem para usar o Textpattern como plataforma de blog.

Clique no link para conhecer o Textpattern.

7. Joomla

Tido como um dos principais rivais do WordPress, o Joomla também é uma plataforma para criar blog usada com frequência. Ele conta com interface amigável e possibilita criar sites diferentes de um blog, como uma loja virtual.

Inclusive, é perfeitamente possível criar um blog com ecommerce no mesmo site!

O Joomla é uma das melhores opções para quem gosta de personalizar até os últimos detalhes. Por outro lado, é necessário instalar aplicativos externos e extensões no seu blog para otimizá-lo em relação aos motores de busca, como Google e Bing.

Acesse a página do Joomla para saber mais!

joomla

8. Ghost

Essa plataforma é uma das mais limpas para quem quer aprender como criar um blog por si próprio sem distrações na tela. Ele é um dos mais fáceis de se escrever, além de ser compatível com algumas linguagens web, como a já citada Markdown.

Por sua interface limpa, ele é bem fácil e rápido de usar. Por outro lado, personalizá-lo é um pouco mais difícil do que em outras plataformas. O mesmo vale para o número de modelos prontos que existem, que é consideravelmente limitado.

Entre as vantagens do Ghost, podemos destacar sua otimização para motores de busca e responsividade. Ou seja, o seu blog será facilmente lido independente do aparelho que seu leitor esteja usando.

Clique no link e conheça o Ghost agora mesmo!

9. Jimdo

Uma opção interessante para quem busca criar um blog facilmente acessado por smartphone ou tablet. O Jimdo tem ferramentas embutidas para facilitar a responsividade.

Ele tem um bom acervo de modelos prontos e personalizáveis para criar um blog, além de não precisar pagar domínio e hospedagem. Depois de cumprir esses dois passos, o terceiro passo é publicar seu site e o seu primeiro conteúdo!

Apesar da facilidade, vale mencionar que o seu site pode ser derrubado a qualquer momento, além de já começar o blog pensando para onde deverá migrá-lo quando ele crescer.

Ainda assim, continua a ser uma ferramenta interessante para quem está nos primeiros estágios no aprendizado de como criar um blog por si próprio.

Acesse o link e confira o Jimdo agora mesmo!

10. Wix

Apesar de mais conhecida pela facilidade criar sites de comércio digital, o Wix também possibilita a criação de um blog. Fácil de usar e configurar, a Wix é ideal para usuários leigos.

Ele também é fácil de personalizar, já que conta com um bom acervo de modelos prontos e elementos para personalizar seu blog da maneira que achar mais interessante. Também existem uma boa variedade de plugins, que você pode usar para otimizar seus sites para motores de busca ou incluir funcionalidades.

Entre as desvantagens do Wix, é necessário incluir anúncios da plataforma caso opte pela conta gratuita, além de algumas limitações na otimização para motores de busca.

Saiba mais sobre o Wix acessando a plataforma!

Está aprendendo como criar um blog por si próprio?

Com essas dicas, você terá uma boa noção de como criar um blog por si próprio e quais são as principais plataformas de criação de blogs no mercado.

O que está fazendo nessa quarentena? Está trabalhando em um negócio próprio? Se está procurando opções para receber dinheiro online, não deixe de conferir também nossa seleção dos melhores bancos digitais que vão facilitar a sua vida!


Por Equipe Apptuts
2 Comentários
Seções:



Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

2 Comentários

  1. Victor Maia 15 de abril de 2020 2:32

    Fico até envergonhado!
    Nunca achei que fosse possível ganhar tanto dinheiro na Internet, mas depois que comprei este curso…minha vida mudou. E quero que a sua mude, tmb.
    Link para iniciar sua jornada:https://bit.ly/obterumarendaextraf

  2. Drazy Devia 30 de outubro de 2020 6:38

    Comentário* criar blogger

Voltar ao topo