Google Assistant vs Alexa: Qual é o melhor assistente?
Google Assistant vs Alexa: Qual é o melhor assistente?
Google Assistant vs Alexa: Qual é o melhor assistente?

Google Assistant vs Alexa: Qual é o melhor assistente?


Em tempos em que a vida é corrida, contar com uma ajudinha extra no dia a dia faz toda a diferença, né? E quando a ajuda é virtual, através de assistentes como Alexa, Google Assistant e Siri, melhor ainda! Mas como escolher a melhor opção em meio a tantos modelos disponíveis hoje no mercado?


Foi pensando justamente em te ajudar a fazer a melhor escolha para atender suas necessidades, que nós decidimos fazer um comparativo: Google Assistant vs Alexa: Qual é o melhor assistente?

E a seguir, você conta com um levantamento das principais características de cada uma e suas vantagens. Pronto para embarcar nessa viagem?

A era das assistentes virtuais

Antes de falarmos sobre as diferenças entre Google Assistant e Alexa, é importante você entender o que são os assistentes virtuais que já chegaram dominando as casas e empresas em todo o mundo.

O mais interessante é que os assistentes virtuais inteligentes já fazem parte do nosso dia a dia há algum tempo e muita gente ainda nem percebeu.

Mas veja: quantas vezes você fez buscas na internet usando essa ferramenta de voz disponibilizada no seu celular pelo Google?

Mas, quem popularizou mesmo o uso de assistentes virtuais foi a Siri, criada pela Apple e lançada oficialmente em outubro de 2011 juntamente com o iPhone 4S.

Inclusive, a Siri só funciona no sistema operacional da Apple, o iOS. Portanto, hoje ela está disponível somente nos dispositivos Apple (iPhone, iPad, Macbook, iMac, Apple Watch, AirPods, HomePads e Apple CarPlay).

Atualmente, nestes dispositivos, a Siri é ativada por um comando de voz e, a partir dele, obedece uma grande variedade de novos comandos, como abrir aplicativos, pesquisar na internet, tirar uma selfie, realizar chamadas, definir alarmes, tocar música, entre outros.

Hoje, eles são muito mais modernos e em razão da automatização, são capazes de integrar um ambiente completo a partir de um único comando e dispositivo.

Mas o que são os assistentes virtuais?

De forma bem simples, podemos dizer que são softwares que respondem a comandos de voz ou de texto para desempenharem diversas funções com o objetivo de facilitar a vida das pessoas em uma casa ou empresa.

Quando foram lançados, os assistentes virtuais funcionavam apenas nos celulares, mas evoluíram com o tempo, ficando mais modernos e sofisticados e hoje já podem ser utilizados em dispositivos próprios.

E como já dissemos anteriormente, respondem a uma infinidade de comandos para facilitar o dia a dia.

Com eles, por exemplo, é possível fechar as cortinas, apagar as luzes, trancar as portas, saber as notícias do dia, como está o trânsito, programar o funcionamento de equipamentos e tantas outras funções.

E porque usar assistentes virtuais?

Se você chegou até aqui, já percebeu que os assistentes virtuais são de grande ajuda, certo? Mas porque você deveria aderir a um deles?

Existem alguns pontos que devem ser observados e são eles:

1.Organização

Você pode usar os assistentes virtuais para organizar seu dia a dia: sua agenda, gerenciar e-mails, planejar seus compromissos e ainda ativar lembretes para você não esquecer nenhum deles.

2.Facilidade

Hoje em dia, o que a maioria das pessoas busca é praticidade, certo? Ninguém quer e pode ficar perdendo tempo, por isso, a procura por assistentes virtuais tem crescido tanto, uma vez que eles facilitam tarefas como apagar luzes, fechar cortinas, acionar e programar o funcionamento de equipamentos, como o robô aspirador, entre outras atividades. E tudo isso a partir de um comando de voz.

3.Automatização

Como falamos acima, uma das vantagens dos assistentes virtuais é facilitar o dia a dia. E não é por menos: com um único dispositivo você consegue integrar todo um ambiente, automatizando sua casa ou empresa.

Entre as opções mais comuns disponíveis no mercado brasileiro, estão os dispositivos de iluminação como lâmpadas com controle de cor e intensidade de brilho.

Também há câmeras de segurança inteligentes, que unem segurança e praticidade. Sem mencionar ainda na extensa gama de eletrodomésticos inteligentes, que vão de ares condicionados, robôs aspiradores até cafeteiras que respondem ao comando da sua voz.

Dessa forma, você pode ainda tornar alguns dispositivos comuns compatíveis com o seu assistente virtual. Isso pode ser feito por meio de tomadas inteligentes, que são bastante versáteis e simples de utilizar.

E sua empresa também ganha com isso: é que além da automação, os assistentes virtuais funcionam de forma omnichannel, isto é, integram vários dispositivos de uma vez só.

Nesse sentido, na prática, essas duas tecnologias auxiliam na gestão da empresa, no aumento da produtividade e no atendimento mais personalizado ao cliente.

4.Redução de custos

Aqui, você ainda ganha com a redução de custos, uma vez que a automatização através dos assistentes virtuais diminui os gastos com algumas operações e posições.

Isto porque você deixar de investir em contratações, treinamentos, horas extras, etc, uma vez que estes dispositivos conseguem atender uma série de solicitações de uma só vez.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o que são e as vantagens dos assistentes virtuais, queremos te apresentar duas opções: Google Assistant e Alexa. A seguir, veja qual delas é a mais indicada para você.

Google Assistant vs Alexa: Qual é o melhor assistente?

Vamos começar a analisar o assistente virtual mais popular e conhecido em todo mundo: a Alexa.

Ela surgiu inspirada no computador da série Star Trek, em 2014, e foi lançada no Brasil em outubro de 2019 pela Amazon.

Alexa é o nome da inteligência artificial mais conhecida por ser o cérebro da linha Amazon Echo, sendo integrada a um alto falante inteligente, que aceita comandos a qualquer momento para a execução de diferentes tipos de tarefas.

E um de seus grandes diferenciais é que ela não está atrelada a um sistema operacional, isto é, a Alexa funciona bem com Apple, Android ou Windows.

Como a Alexa funciona?

A Alexa é ativada por um comando de voz, por isso, seus microfones ficam atentos a todo o momento, esperando a palavra de ativação seguida de algum comando.

As palavras de ativação são definidas por você, o que deve ser feito no momento da configuração, conforme a sua preferência. Você pode escolher entre as palavras “Alexa”, “Echo” ou “Amazon”.

E para ter certeza que ela está pronta para te atender, o Echo (a caixinha) deve estar iluminado pela cor azul.

E acredite: todo o processo ocorre de forma bem rápida entre o comando e a resposta: após gravado o comando pela Alexa, este é enviado para as nuvens da Amazon, que o processam e retornam em forma de ação.

Um ponto interessante deste assistente virtual é que sua tecnologia – machine learning – permite que ele aprenda e se adapte às preferências dos usuários.

O resultado? Suas respostas são aprimoradas segundo os gostos de quem a utiliza, atendendo cada vez mais as expectativas desses usuários.

O que a Alexa pode fazer?

Desenvolvida para atender comandos de voz, a Alexa consegue realizar várias atividades – desde as mais simples até mais complexas -, como: informar sobre a previsão do tempo; falar como está o trânsito em determinada região; ler notícias em voz alta; abrir aplicativos; configurar alarmes; executar playlists; fazer compras na Amazon, efetuar pedidos de comida em restaurantes no iFood, entre outros.

Como seu potencial não se restringe a isso, a Alexa ainda se conecta com vários aparelhos que possuem tecnologia inteligente.

São eles: controles remotos, fechaduras eletrônicas, câmeras de segurança, televisores, lâmpadas inteligentes, eletrodomésticos, etc.

Para você entender melhor como essa caixinha inteligente pode te ajudar, dá uma olhada:

1.Tocar música, ouvir notícias e podcasts

Basta você fazer um pedido específico, por um artista ou um gênero.

Você também pode pedir para tocar um podcast que deseja ouvir, encontrar uma estação de rádio ou pedir as notícias do dia de grandes veículos.

Por padrão, a Alexa usa o Amazon Music e o Google Assistente, o YouTube Music, mas esse assistente virtual pode ser configurado para usar o Spotify, Apple Music, Deezer, entre outros serviços.

Outra vantagem é que quem tem mais de um dispositivo Echo ou compatível pode colocar a mesma música para tocar em diferentes ambientes da casa.

2.Respostas de perguntas específicas

Com a Alexa você tem acesso a informações sobre tudo. Basta fazer as perguntas, tirar dúvidas, pedir sugestões e até dicas (de produtos, receitas e serviços, por exemplo), que ela consegue te atender.

Isso é possível graças à ferramenta chamada de mecanismo de busca de habilidades, desenvolvida pela Amazon.

3.Estar por dentro do tempo e do trânsito

Essa é uma das coisas bem bacanas oferecidas pela Alexa. Ela consegue te informar sobre como está o trânsito no caminho que você costuma fazer ou em qualquer outro que deseja trafegar.

E se não bastasse isso, ainda te mantém informado sobre a previsão atualizado do tempo, através de dados atualizados dos apps de mapas

4.Definir alarmes

Quem é que nunca se esqueceu de tirar algo do congelador? Ou pior, uma panela no fogo?

Com a Alexa seus problemas acabaram! Através de comandos simples, ela te avisa dessas e outras situações.

Portanto, basta programar o tempo que gostaria de ser avisado por um timer, por exemplo, ou definir o alarme para te acordar em determinada hora todos os dias.

5.Controlar dispositivos inteligentes

Essa, sem dúvida, é uma das melhores e mais úteis funções da Alexa.

Ela consegue controlar e comandar dispositivos inteligentes como fechaduras, câmeras de segurança, lâmpadas, tomadas, interruptores, controles remotos, eletrônicos como Smart TVs, ar condicionado, máquina lava e seca e até geladeira. É bom demais, né?

E se o foco é utilizar a Alexa no mundo corporativo, ela oferece ferramentas que auxiliam na melhoria de produtividade, com agendamentos de reuniões, gerenciamento de videoconferência e ações mecânicas, como abrir e fechar persianas, entre outras.

6.Pedir um carro de aplicativo ou comida

Você consegue configurar a Alexa com muitos aplicativos, inclusive para pedir um carro de aplicativo ou solicitar comida em restaurantes que você têm como favoritos, por exemplo.

Outra vantagem é comprar através dela na Amazon.

7.Mandar mensagens de texto, voz e vídeo

Com esse assistente virtual você consegue enviar mensagens de texto pelo aplicativo ou de voz ou ainda fazer chamadas (de voz ou de vídeo, no caso do Echo Show, que tem câmera e tela) para outras pessoas que também tenham um dispositivo da Amazon.

8.Contar histórias e piadas

Sabia que a Alexa é excelente para entretenimento?

Você pode pedir para ela contar histórias e piadas, que têm os acervos sempre renovados. É ótimo para crianças e adultos!

9.Controlar sua agenda

Ao configurar seu calendário à Alexa, ela te ajuda na organização da sua agenda, te lembrando de compromissos, programando alarmes e até te avisando se é necessário sair um pouco antes de casa para não se atrasar no trabalho em razão do trânsito.

Diferenças entre os modelos de Alexa

Existem vários speakers Amazon com Alexa, mas qual a diferença entre eles? A gente te explica abaixo:

 Echo Dot 3ª Geração

Google Assistant x Alexa

Ele é o mais popular dos dispositivos com o assistente virtual Alexa, e também o modelo mais simples.

Em formato portátil, possui 4 microfones de longo alcance, alto falante de de 1,6″ e saída de áudio de 3,5 mm.

Oferece integração total com equipamentos smart e canais de áudio, reproduzindo, via comandos de voz, músicas, notícias, lembretes e outros.

Está disponível nas cores: branco, cinza, preto e rosa.

Se este modelo atende suas necessidades, você pode encontrá-lo neste link.

Echo Dot 4ª Geração

Ele é muito similar à versão anterior, a Echo Dot 3ª Geração.

Trazendo um novo design, possui um áudio com direcionamento frontal (1 speaker de 1,6″), garantindo mais graves e um som completo.

Além disso, o processamento das informações é pelo AZ1 Neural Edge e possui 4 microfones embutidos, além de porta de 3,5 mm para inserir cabo de áudio: os comandos são identificados e executados de forma rápida e eficaz.

E a sua grande vantagem está nessa parte técnica, uma vez que a sua reprodução de áudio ajuda a propagar melhor o som. Dessa forma, ele ganha do Echo Dot 3ª Geração em termos de qualidade sonora.

Está disponível nas cores: branco, azul e preto.

Para garantir o seu, basta clicar neste link.

E dentro desse modelo, a Amazon passou a oferecer algumas variações:

1.Echo Dot 4ª Geração com Relógio

Google Assistant vs Alexa

Ele possui as mesmas características do Echo Dot 4ª Geração, com o adicional de ter um display LED com relógio. Ou seja, tirando esse detalhe, esse modelo não possui nenhuma diferença do anterior.

Está disponível nas cores: branco e azul.

Se você se interessou por esse modelo, clique neste link e garanta o seu.

2.Echo 4ª Geração com som premium e hub de casa inteligente

google assistant vs alexa

Esse Echo conta com som premium, hub de casa inteligente e, é claro, a assistente Alexa.

Mas o que isso significa na prática?

Esse modelo possui agudos altos, médios dinâmicos e graves profundos que garantem uma sonoridade de qualidade suficiente para se adaptar ao cômodo em que o aparelho estiver.

E além de todas as funcionalidades da Alexa, ele traz a integração com os streamings de música, como Amazon Musica, Spotify, Apple Music e outros, além da sintonia com estações de rádios.

Com ele você também consegue sincronizar com o Fire TV Lite para aproveitar o som de home theater na hora de assistir filmes e séries.

Mas o ponto alto desse modelo é seu novo hub integrado, o que possibilita a instalação de dispositivos compatíveis com Zigbee — protocolo de comunicação sem fios que cria conexão com aparelhos inteligentes, como lâmpadas ou fechaduras.

Está disponível nas cores: branco, azul e preto.

Para adquirir o Echo 4ª Geração com som premium e hub de casa inteligente, basta clicar neste link.

Echo Show 5

Google Assistant vs Alexa

O Amazon Echo Show 5 é o único da família que possui uma tela tátil de 5 polegadas, excelente para ver vídeos no Youtube, assistir filmes, fazer chamadas e muito mais.

Inclusive, sua tela é interativa, o que permite controle total das funções da casa. Você pode interagir com equipamentos inteligentes, câmeras de segurança e luzes.

Além dos comandos da Alexa, é possível também fazer chamadas de vídeo e muito mais.

E se você tem animais de estimação, é possível monitorá-los à distância.

Mas, apesar de tantas vantagens, a qualidade de som é inferior a outros modelos.

Disponível no preto, azul e branco.

Gostou desse modelo? Clique neste link e garanta o seu.

Echo Show 8

Possui tela HD de 8″ e som estéreo, além de todas as funcionalidades e vantagens oferecidas pelo Echo Show 5.

Seu diferencial com o anterior é que essa versão chega resolvendo todos os problemas da anterior.

Você pode fazer videochamadas, monitorar suas câmeras, assistir a filmes e séries e muito mais.

Ficou interessado nesse modelo? Clique nesse link para adquirir o seu!

Echo Show 10

Veio para revolucionar essa linha assistentes virtuais.

Possui uma tela inteligente em HD de 10,1 polegadas e uma caixa de som externa para melhorias no áudio – seus alto-falantes têm som direcional premium de alta qualidade.

Para facilitar o uso, possui função de rotação com cerca de 175°, que possibilita ao usuário ficar no centro do vídeo enquanto liga para alguém ou acompanha uma receita.

Sua câmera conta com 13 MP, mas também traz função de zoom automático para mais qualidade durante reuniões.

Entre suas funções, permite que você monitore diferentes ângulos da casa graças à função rotativa. Por último, basta integrá-la ao app e realizar o controle.

Incrível, né? Se essa opção te agradou, clique neste link e já garanta o seu!

Mas e o Google Assistant?

 

Até agora você já entendeu como a Alexa é incrível e pode fazer diferença na sua vida, certo? Mas e o Google Assistant? Será que ele está no mesmo nível da tecnologia criada pela Amazon?

A gente revela agora!

Criado em 2016, mas trazido ao Brasil em 2017, o Google Assistant pode ser ativado por qualquer smartphone com sistema operacional Android.

Logo, basta falar o comando “OK, Google” para que ele comece a atender às solicitações do tipo: Como está o trânsito?; Me acorde às 7h; Me fale as notícias do dia; Qual é a previsão do tempo para hoje?; e por aí vai.

Seu principal objetivo é facilitar as tarefas do dia a dia, como fazer pesquisas, mandar mensagens e ligar.

Mas calma! Não para por aqui. De 2016 até agora, muita coisa mudou. O Google Assistant se atualizou e se tornou um poderoso assistente virtual, apresentando uma série de recursos.

Entre eles está o Google Home, um alto-falante que pode ser conectado via Chromecast e que funciona como um assistente por comando de voz.

Mas antes da gente entrar nesse assunto, entenda como funciona o Google Assistant!

O Google Assistant funciona através de um sistema de inteligência artificial baseada em nuvem, utilizando comandos e solicitações recentes para interpretar as intenções do usuário.

Dessa forma, o assistente virtual consegue entregar a melhor resposta para o comando que lhe foi dado. Isso é possível porque ele se baseia nos dados estabelecidos em cada perfil.

Por conta disso, o Google Assistant é considerado como o mais inteligente entre os assistentes virtuais, já que promove precisão e dinamismo nas respostas.

E o interessante é que ele suporta tanto o texto quanto a entrada de voz, seguindo a conversa seja qual for o método utilizado.

Para ativá-lo, basta usar a frase de ativação Ok, Google!”seguida de uma solicitação ou pergunta.

Do mesmo modo, se você preferir, pode ativar um recurso chamado de “Conversa Contínua”, que permite intercalar diferentes tópicos em um mesmo assunto sem precisar de uma nova ativação.

O que o Google Assistant pode fazer por você

Uma coisa é certa: se você ainda não utiliza o Google Assistant, ele vai te surpreender!

São muitas as funcionalidades a serem exploradas por este assistente virtual, desde criar um evento em sua agenda até controlar um cômodo de sua casa.

Perfeito para quem possui dispositivos Android, o Google Assistant também pode ter compatibilidade com iOS.

Conheça algumas das funções que a Google Assistant pode realizar

1.Ler as notificações de seu celular;

2.Reproduzir músicas através de serviços de streaming (como o YouTube Music, Spotify);

3.Responder perguntas por pesquisa por voz;

4.Abrir aplicativos (quando usado no Android ou um Chromebook);

5.Realizar traduções de conversas em tempo real;

6.Acessar informações de seus calendários e outras informações pessoais;

7.Criar rotas para uma viagem;

8.Enviar mensagens através de aplicativos como o WhatsApp e Telegram;

9.Encontrar informações on-line, desde reservas em restaurantes a indicações, tempo e notícias;

10.Fazer compromissos e enviar mensagens;

11.Controlar seus dispositivos e sua casa inteligente

12.Controlar sua música

13.Reproduzir conteúdo em seu Chromecast ou outros dispositivos compatíveis;

14.Temporizadores de funcionamento e lembretes;

15.Jogos;

16.Controlar lâmpadas e eletrodomésticos inteligentes (desde que os mesmos possuam integração com o Google Assistant).

Esse assistente virtual é tão completo, que graças à integração com os sistemas operacionais do Google, você não precisa de um dispositivo como uma Echo Dot ou Google Nest (alto-falante inteligente como a Alexa) em cada local da sua casa. Basta levar seu smartphone no bolso.

E justamente para facilitar, o Google Assistant pode ser usado em dispositivos Android Auto, trazendo mais segurança para o motorista.

E como a proposta é proporcionar praticidade no dia a dia, o Google Assistant em dispositivos Nest (a caixinha inteligente do Google) forma a base do controle da sua casa ou empresa.

Para isso, basta que os dispositivos sejam compatíveis para que você controle desde as luzes, o aquecimento, comunicar-se com Smart TVs até acionar as câmeras de segurança. Tudo isso ativado pelo comando “Ok, Google”.

E o Google Nest, como funciona na prática?

Além de todos os recursos que oferece, o Google Assistant permite que você controle os dispositivos da sua casa de modo inteligente e prático.

Para isso, basta acessar uma rede wi-fi e definir as preferências de comandos, o que é feito pelo aplicativo Google Home, disponível tanto para Android quanto iOS.

Logo após a instalação do app, você sincroniza um aparelho novo que seja compatível com o Google Assistant e depois de configurar sua voz, você conseguirá fazer tudo de forma automática.

Para que isso aconteça, basta dar comandos de voz para realizar tarefas como agendar uma reunião, tocar uma música, realizar uma busca no Google, assistir a um vídeo na TV, iniciar a limpeza da casa por meio de um aspirador robô, ler notícias, planejar sua agenda, controlar as luzes e até o ar-condicionado, entre outras atividades.

Quais as vantagens do Google Assistant?

Se você utiliza o Google Assistant já sabe que pode explorá-lo de forma ampla, inclusive para tornar sua casa inteligente.

E uma das vantagens dele está justamente no Google Home, que possui uma interface simples e intuitiva, separando os dispositivos por grupos como campainha, lâmpada, fechaduras, tela e outros, além de agrupar os aparelhos smart conectados por cômodos.

Esse recurso facilita muito, porque sempre existirão mais de um dispositivo do mesmo tipo na casa, como várias lâmpadas smart, por exemplo.

Outro destaque é o comando por voz usado especialmente com o Google Nest Mini, no qual é possível cadastrar até seis vozes diferentes. Assim, o sistema obedecerá aos comandos de todas elas.

Um outro recurso muito interessante e exclusivo do Google Nest Mini é que é possível usá-lo como interfone, desde que integre um ou mais alto falantes pela casa, o que possibilita a transmissão de mensagens de voz para qualquer ambiente, inclusive para se comunicar com quem esteja fora da casa. Um reforço a mais na segurança da casa, concorda?

E falando em segurança, o Google Home se conecta com sistemas de trancas automáticas, alarmes e câmeras de vigilância, permitindo que você monitore tudo de um único aplicativo e de qualquer. Assim, basta que seu celular esteja conectado à internet.

E para este ano de 2022, ainda mais novidades estão previstas nos comandos para esse assistente virtual: você vai conseguir fechar a porta da garagem, controlar a temperatura do seu carro e até diminuir o termostato independente do local em que esteja.

Por fim, a nova atualização também prevê bloquear, desbloquear e obter informações de qualquer dispositivo integrado a ele, como seu telefone, smart TVs e até mesmo carros com a tecnologia Android Auto.

Modelos do Google Nest/Home

Atualmente existem 4 modelos do Google Nest/Home no mercado. São eles:

1.Google Nest Mini

Lançado no Brasil em 2019, possui 3 microfones para reconhecimento de voz.

O gadget conta com processador quad-core de 1,4 GHz e sistema de machine learning para reconhecer a voz do proprietário mesmo em meio a outras pessoas e se ele estiver num cômodo mais distante.

Então se você estiver no quarto, consegue pedir a ele para trocar de música ou ler uma notícia, mesmo ele estando na sala, por exemplo.

O Google Nest Mini é compatível com Android e iOS e traz as conectividades WiFi dual band (2,4 GHz e 5 GHz) e Bluetooth 5.0. A alimentação é feita via adaptador de energia de 15W.

Gostou desse modelo? Clique aqui e já compre o seu!

2.Google Nest Hub

Lançado em 2018, possui tela sensível ao toque de 7 polegadas, com resolução de 1.024 x 600 pixels.

E graças a isso, você consegue assistir a vídeos no YouTube, ativar um relógio quando o Nest Hub está em standby, visualizar as informações sobre as pesquisas e perguntas que você faz, ver sua agenda de compromissos, usar o Maps e Waze, conferir as imagens salvas no Google Fotos ou ainda, o trânsito em tempo real antes de sair de casa para o trabalho, por exemplo.

Você também consegue controlar as câmeras instaladas em sua casa ou empresa, além de dar zoom e mudá-la de direção, entre outros comandos.

O Google Nest Hub possui compatibilidade com WiFi dual band e Bluetooth 5.0, além de trazer dois microfones de campo distante, sensor de luz do ambiente e adaptador de energia de 15W. O controle é via app Google Home, que roda no Android e no iOS.

Se esse modelo atender suas necessidades, você pode adquiri-lo neste link.

3.Google Nest Hub Max

Já o Google Nest Hub Max possui uma câmera de 10 polegadas, com resolução de 1.280 x 800 pixels, habilitada para realizar chamadas de vídeo por meio do Google Duo, reconhecimento facial e até para ser usada como câmera de segurança.

A câmera é capaz ainda de ajustar automaticamente a centralização dos usuários no quadro, permitindo que você se movimente enquanto realiza chamadas de vídeo, por exemplo.

Outro diferencial do Google Nest Hub Max é que ele faz reconhecimento de voz personalizado para cada usuário, assim como o Face Match, reconhecimento facial processado diretamente pelo hub. Isto é, quando o modelo reconhece um usuário, ele apresenta informações personalizadas para cada perfil configurado. Interessante, né?

Gostou dessa opção? O Google Nest Hub Max ainda não está sendo vendido em nosso país. Sendo assim, é preciso importar o produto dos EUA por, aproximadamente, $ 230.

4.Google Nest Audio

Ele foi criado para substituir o Google Home original.

Além de todas as funcionalidades dos demais modelos, o Google Nest Audio tem ótima qualidade de som, tanto que é capaz de se adaptar o som ao ambiente em que se encontra, tal qual o Google Home Max, e é um produto indicado principalmente para quem quer um dispositivo inteligente com melhor qualidade sonora, especialmente para ouvir música.

Com ele é possível ouvir suas músicas, audiobooks e podcasts prediletos, fazer perguntas, checar sua agenda, configurar alarmes, fazer chamadas e consultar a previsão do tempo e as notícias, tudo isso usando comandos de voz.

O Nest Audio também se integra a outros dispositivos inteligentes, como Smart TVs, lâmpadas, ar condicionado, câmeras, permitindo que você os controle.

Se você procura som alto e claro, esta é uma ótima opção.

Para adquiri-lo, basta clicar neste link.

Mas afinal de contas, Alexa ou Google Assistant?

O Google Assistant oferece resultados mais precisos em relação à Alexa por possuir um banco de dados maior. No entanto, se você quer saber qual deles é o melhor para você, a resposta é: depende! Sim, depende do seu perfil.

Se você possui muitos dispositivos Android, então o Google Assistant é o mais indicado para você, uma vez que você consegue centralizar todos os aparelhos e ter uma experiência mais completa, graças ao fato que o Google Assistant passa a ter muita informação sobre o comportamento dos usuários.

Agora, se você é um consumidor assíduo dos produtos da Amazon, a Alexa pode ser interessante para você. Isto porque todos os seus dados ficam registrados no assistente, que entende suas preferências e passa a ser mais preciso nas ações que realiza e nas respostas que fornece. Isso facilita tudo, inclusive a realização de uma compra, por exemplo, por comando de voz.

Ficou mais claro agora? Conhece alguém que possui alguma desses dois assistentes virtuais?

Aproveita e encaminha esse conteúdo para quem está pensando em comprar, para ajudar na sua escolha!


Por Equipe Apptuts
Seções:



Voltar ao topo