Tem uma equipe remota? Conheça 10 Maneiras de torná-la mais conectada
Tem uma equipe remota? Conheça 10 Maneiras de torná-la mais conectada
Tem uma equipe remota? Conheça 10 Maneiras de torná-la mais conectada

Tem uma equipe remota? Conheça 10 Maneiras de torná-la mais conectada


Equipe Remota: Uns ainda torcem o nariz, outros defendem, mas a verdade é que o home office veio mesmo para ficar!


E a pandemia provou que é possível sim, trabalhar à distância sem perder a produtividade e qualidade. Mas como manter uma equipe remota conectada e engajada?

equipe remota

Essa é uma dúvida comum entre muitos líderes. Então se você também quer saber como gerenciar uma equipe remota da melhor forma, fica com a gente até o final deste artigo!

Mas o que significa trabalho remoto?

Antes da gente falar sobre as formas de tornar uma equipe de trabalho à distância mais conectada, você sabe dizer o que é trabalho remoto?

Pense em independência e autonomia. Pensou?

Essa é a base do home office, que na verdade te dá liberdade de você trabalhar de onde quiser: de casa, de uma cafeteria, da praia, da casa de seus pais, durante uma viagem e até de um coworking.

Nesse modelo, a forma de comunicação entre os membros da equipe e seus gestores acontece essencialmente via internet.

E é justamente por isso, que é preciso ter ferramentas que facilitem essa comunicação e o controle das entregas diárias e semanais, além de uma comunicação clara e transparente.

E as vantagens de ter uma equipe remota, quais são?

Engana-se quem pense que só existem vantagens no trabalho remoto para quem usufrui dele, ou seja, os colaboradores.

Existem várias vantagens para as empresas que aderem a esse formato de trabalho. Quer conhecer algumas delas? Dá uma olhada!

1.Redução de custos

Essa é uma das principais vantagens, afinal, com o trabalho remoto sua empresa vai deixar de gastar com uma infraestrutura grande e, consequentemente, economizará em água, luz, internet, aluguel e outras despesas fixas.

Outro gasto que deixará de existir é com o vale-transporte concedido aos colaboradores.

Perceba: se você fizer uma lista e colocar tudo no papel, verá que a redução de seus custos ao montar uma equipe remota é bastante significativa.

2.Aumento das opções para contratação

Quando uma empresa atua de forma remota, não existem limites para ela – nem para contratação de colaboradores e nem para prestação de serviços ou venda de produtos.

O resultado disso? Muito mais opções na hora de contratar seu time, afinal de contas, você pode escolher talentos de qualquer parte do país e do mundo.

Na prática, garante-se uma equipe com profissionais de alta qualidade e focados em resultados.

3.Colaboradores mais motivados

E falando neles, os colaboradores que atuam de forma remota costumam ser mais independentes, isto é, buscam soluções para eventuais dificuldades ou desafios, sem que para isso, precisem recorrer sempre aos seus superiores.

Se não bastasse isso, ao ter mais liberdade no dia a dia, conseguem organizar suas rotinas.

O resultado? Os colaboradores ficam mais focados e motivados, uma vez que passam a ter mais tempo para se dedicar à vida pessoal.

Trabalhador feliz, satisfeito e com qualidade de vida, impacta diretamente na qualidade do seu trabalho e, consequentemente, nos lucros da empresa.

Agora que você já sabe o que é e como funciona uma equipe remota e quais são suas vantagens, chegou a hora de saber algumas maneiras de tornar essa equipe mais conectada e envolvida no dia a dia.

 

O que quer dizer uma equipe remota conectada?

Pois é, muita gente tem dúvida sobre o que isso significa na prática. Porque isso não tem a ver somente com tecnologia e ferramentas, tem a ver com situações que precisam existir.

Tem a ver com interação.

É que a falta de interatividade entre os colaboradores de uma equipe remota pode impactar de forma negativa o ambiente corporativo – mesmo ele sendo à distância.

Isso ocorre porque o contato virtual por si só, já é algo mais impessoal, dificultando em muitos casos, a troca de ideias informais, que inclusive contribuem muito para insights produtivos e transformadores.

É dessa troca que muitas sugestões de novos produtos e serviços surgem, além de melhorias para os próprios processos de trabalho.

Sem contar que, ter um relacionamento mais estreito favorece o compartilhamento de experiências e a colaboração mútua.

Portanto, quando falamos em equipe remota conectada, queremos dizer que é importante criar ações e situações que estimulem essa “conexão” entre os membros da equipe.

E é justamente isso o que vamos te apresentar agora. Vem com a gente?

 

Veja 10 maneiras de tornar sua equipe remota mais conectada

Pronto para criar atividades que vão aumentar e melhorar a interação e o envolvimento de sua equipe remota?

Então já anota essa relação que preparamos e veja o que mais combina com o seu negócio.

 

1.Transforme eventos presenciais em virtuais

equipe remota

Já vamos começar com essa super dica! Mas antes que você fique se questionando se isso pode dar certo, a gente já adianta: dá muito!

E a própria pandemia provou isso, concorda?

Mas, vamos ao que interessa… O que pode ser levado para o plano virtual?

O que não faltam são opções e como falamos antes, tudo vai depender da cultura da sua empresa e do formato que você deseje desenvolver essa interação.

Por exemplo, você pode estabelecer toda sexta-feira um happy hour virtual.

Defina o horário após o expediente em que todos da equipe se reunirão para baterem papo, se conhecerem melhor e confraternizar. Exatamente como acontece no mundo real.

Cada um pode se organizar com sua bebidinha e petiscos preferidos, ou ainda, a empresa pode fazer esse agrado, enviando para cada colaborador um kit com petiscos, bebidas, brindes e até voucher para pedir lanches por aplicativos de entrega. Existem empresas que já fazem isso e o kit é válido para o mês. Muito legal, concorda?

Outra sugestão é organizar noites de cinema

E a participação de todos já começa bem antes: basta pedir que cada um dê sugestões de filmes e após uma votação, o filme mais votado será o assistido da vez.

Ah, mas como funciona essa sessão de cinema virtual?

É simples, praticamente todos os serviços de streaming possuem um recurso que permite a transmissão de forma coletiva, muito usado para assistir a festas.

Se o serviço de streaming não tiver esse recurso, uma alternativa é o Teleparty, uma extensão que possibilita a transmissão de filmes juntos.

E que tal preparar aquele coffee break virtual? Nesse caso, nem precisa de grandes realizações, é só definir a pausa do cafezinho para chamar a equipe para tomar um café enquanto conversam de forma descontraída.

Esses momentos são fundamentais: além de gerar conexão e proximidade, permitem que os colaboradores recarreguem as energias e voltem ao trabalho muito mais focados e dispostos.

Uma dica que vale ouro para essas atividades: observar a questão do fuso horário, caso a empresa atue em outros países também.

Nesse caso, o ideal seria montar grupos em diferentes regiões para que a questão do horário não seja um impedimento para que todos participem das atividades propostas.

 

2.Faça reuniões 3D

equipe remota

Já ouviu falar em reuniões virtuais 3D baseadas em avatar?

Elas surgiram para proporcionar uma nova experiência aos usuários que precisam fazer reuniões virtuais. Tudo para evitar que os encontros fiquem monótonos e entediantes.

 

E como funciona?

Ao entrar em salas de reunião 3D, o usuário pode escolher opções de movimento para animar o seu próprio avatar.

Por exemplo, se ele clicar no botão de levantar a mão para falar, sua figura pode fazer o mesmo no ambiente virtual.

O interessante é que através dessas plataformas imersivas é possível adicionar um toque especial de cada participante e tornar o encontro muito mais dinâmico.

Esse tipo de recurso já está disponível em algumas ferramentas, como Microsoft Teams, Zoom, Gather, MootUp e NextMeet.

No caso do Zoom, o recurso mais recente permite criar uma versão de desenho animado de si mesmo na plataforma de videochamada.

O personagem então imita os movimentos da cabeça e as expressões faciais do usuário para envolver os participantes da reunião.

O recurso é bastante idêntico aos filtros do Snapchat e ao recurso Memoji da Apple.

O principal rival do Zoom no espaço, o Microsoft Teams também conta com avatares virtuais 3D, através da sua plataforma Microsoft Mesh.

Nela, a criadora do Windows vai usar inteligência artificial para ouvir a voz do usuário e animar o avatar a partir dela.

A outra grande inovação do Microsoft Mesh são as salas virtuais. Nelas, usuários podem colaborar em reuniões, usar softwares de trabalho como o PowerPoint e o Excel, ou até se divertir por meio de jogos.

 

3.Crie sessões de jogos

E falando em jogos, sabia que dá para criar sessões de jogos à distância?

É isso mesmo! E se o problema for nem todo mundo gostar dos mesmos jogos ou usar as mesmas plataformas, dá para resolver de forma simples!

É só criar um documento onde cada colaborador pode colocar seus jogos e plataformas favoritas.

Assim, fica mais fácil para quem gosta dos mesmos jogos e utiliza as mesmas plataformas, encontrarem parceiros.

 

4.Crie um espaço para conversas leves e descontraídas

Sabe aqueles momentos em que você vai beber água ou pegar um café e acaba encontrando um colega de trabalho e enquanto se serve rola aquele papo leve e descontraído?

Quem disse que isso não pode ter no mundo virtual?

Utilize ferramentas de comunicação que facilitam a criação desse espaço de descontração, como o Slack e Discord.

Neles é possível criar um chat/canal para conversas, enviar fotos, vídeos…

Ótima forma dos colaboradores se conhecerem melhor, facilitar o entrosamento e ainda ter aqueles momentos de relaxamento com papos leves e divertidos.

E para não ter problema de estar em um grupo que não interessa a todos, é possível criar canais de assuntos específicos, como gastronomia, esporte, música e etc.

Algumas sugestões de canais são:

1.#netflix: para compartilhar as ideias sobre filmes e séries;

2.#random: para memes, gifs e outros achados aleatórios da Internet;

3.#pets e #kids: para os babões de suas crianças e pets;

4.#hobbies: para as habilidades musicais, paisagismo, artes etc.

 

5.Estimule o uso de jogos e aplicativos do Slack

E falando ainda do Slack, com ele você e sua equipe podem instalar jogos e aplicativos diretamente do diretório de aplicativos dessa ferramenta.

E qual a vantagem disso? Eles vão facilitar que vocês interajam em diferentes situações – desde um espaço para bate-papos descontraídos, celebrar aniversários ou fazer perguntas para se conhecerem melhor.

 

6.Promova o Clube do Livro

 

Essa opção de estimular uma troca através da literatura é bem interessante também.

A proposta é que todos deem sugestões de livros para serem lidos ao longo do ano. A cada mês ou a cada dois meses, é possível organizar sessões para discussões sobre o livro que está sendo trabalhado.

Para facilitar a organização do Clube do Livro, você pode usar os aplicativos Bookship ou Bookclubs.

 

7.Aposte na colaboração por meio de vídeo

 

Uma outra forma bem interessante para promover a proximidade entre os colaboradores é através dos vídeos curtos.

Eles substituiriam as mensagens simples ou e-mails e podem ser usados em diferentes momentos: para parabenizar alguém; para treinamentos; para compartilhamento de notícias/ajuda e até para ajudar alguém com alguma dúvida sobre algo.

Uma sugestão é usar o Loom, aplicativo que permite gravar e compartilhar os vídeos.

 

8.Faça sessões de brainstorming

Já ouviu falar em brainstorming?

Trata-se de uma técnica usada para levantar ideias de soluções de problemas ou para criar coisas novas, e pode ser feita normalmente de forma virtual.

E o melhor, de maneira interativa e divertida, já que é uma excelente oportunidade para a equipe se conhecer melhor enquanto cada um compartilha suas ideias e sugestões.

Para as sessões de brainstorming, temos duas sugestões de ferramentas: MURAL e Stormboard, que oferecem muitos recursos interessantes.

 

9.Crie um escritório virtual para sua equipe remota

equipe remota

Sabia que é possível reproduzir o escritório de forma virtual?

Em primeiro lugar, basta que um primeiro colaborador abra um chat de vídeo para qualquer outro colega da empresa entrar. E assim, à medida que todos forem entrando, podem se cumprimentar, conversar sobre uma atividade específica, tirar dúvidas, sem aquela formalidade de uma reunião.

E para funcionar, todos devem permanecer conectados ao longo do dia, exatamente como acontece presencialmente na empresa.

Para o escritório virtual, você pode usar as plataformas de videoconferência, como Google Hangouts, Slack e Skype.

 

10.Crie uma Liga de Esportes

Essa sugestão vai agradar em cheio os apaixonados por esportes.

Para envolver os colaboradores com esse tema, que tal criar uma liga de esportes de fantasia?

Mas antes disso, entenda o que são esportes de fantasia

Eles começaram como uma ideia para tornar os jogos mais divertidos, deixando os torcedores jogarem uns contra os outros com equipes imaginárias feitas de jogadores profissionais.

Além disso, eles omitem restrições ao jogo em muitos lugares porque podem apostar, mas não são considerados jogos de azar, mas como esportes.

As apostas geralmente são baixas, portanto, é possível usar apostas combinadas para ganhar em ambos os resultados.

Hoje em dia, como existem vários esportes de fantasia, na sua empresa você conseguirá diferentes tipos de ligas para agradar a todos.

Para explorar esse universo, além dos aplicativos oficiais, é possível utiliza a ESPN e o Yahoo, que hospedam ligas de fantasia para a maioria dos principais esportes.

Viu quantas possibilidades de promover mais conexão e interação entre os colaboradores da sua equipe remota?

Agora que você já sabe 10 maneiras para manter sua equipe remota mais conectada, que compartilhar esse artigo com outros gestores que também vão gostar de saber sobre isso?


Por Equipe Apptuts



Voltar ao topo