Auxílio Emergencial coronavírus: como solicitar o seu
Nenhum Comentário
Auxílio Emergencial coronavírus: como solicitar o seu
Auxílio Emergencial coronavírus: como solicitar o seu

Auxílio Emergencial coronavírus: como solicitar o seu

Nenhum Comentário

Foi lançado hoje (07/04) o site e o app do Auxílio Emergencial para trabalhadores informais durante o coronavírus. Se você não o conhece ainda ou se precisa aprender como tirar proveito desse benefício e ganhar essa renda extra de emergência, siga lendo.

Leia o nosso guia para descobrir tudo sobre esse benefício do governo federal!

1. O que é o Auxílio Emergencial coronavírus?

Ele é um benefício financeiro que o governo federal está destinando a trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados com o objetivo de garantir a segurança e a saúde durante a crise causada pelo coronavírus e com a consequente falta de renda por causa da quarentena.

Tem o valor de R$ 600,00 mensais por pessoa, com o limite de duas pessoas por família e com a duração preliminar de três meses, período que pode ser estendido caso a pandemia se prolongue. Ou seja, o auxílio emergencial pode ser de, no máximo, R$ 1.200,00 por família.

O benefício tem o valor aumentado para R$ 1.200,00 por mês no caso de lares sustentados exclusivamente por uma mulher, desde que se encaixe nos outros critérios.

Se você estava cadastrado no CadÚnico, ou Cadastro Único, antes do dia 20/03 e se encaixa em todas as regras do programa de Auxílio Emergencial irá receber de maneira automática, sem precisar realizar nenhum outro registro.

Já quem não estava cadastrado até então precisa realizar um novo cadastro por meio do site da Caixa ou pelo app do Auxílio Emergencial, disponível tanto para Android pela Play Store quanto para iPhones pela App Store.

Vale lembrar que, no caso de você receber auxílio Bolsa Família, você ainda pode tirar proveito do benefício. Contudo, apenas no caso de o Auxílio Emergencial ser mais vantajoso, já que o Bolsa Família será suspenso enquanto ganhar do novo benefício.


O que é

2. Quem pode ter esse benefício?

Existem algumas diretrizes e normas para ter acesso a esse benefício governamental, que abordaremos nesse tópico para que você saiba se pode ou não usufruir dele. São eles:

  • Ser maior de idade: Para poder ser beneficiário do Auxílio Emergencial durante o coronavírus, é necessário que tenha mais de 18 anos;
  • Ser trabalhador informal: Outro requerimento é que todos os candidatos ao benefício sejam trabalhadores autônomos com renda informal, sem carteira assinada;
  • Não ser beneficiário: Se você recebe algum tipo de benefício previdenciário ou assistencial, de seguro-desemprego ou de qualquer programa do tipo que não seja o Bolsa Família, você não pode solicitar esse benefício;
  • Limites de renda familiar: Existem limites bastantes estritos de renda. São eles, que a renda familiar mensal não passe de meio salário mínimo (R$ 522,50) por pessoa ou que a renda familiar mensal total não ultrapasse o limite de até três salários mínimos (R$ 3.135,00);
  • Limite de rendimentos tributáveis: Mais uma necessidade que os possíveis beneficiários devem cumprir é não terem recebido rendimentos tributáveis em 2018 acima de R$ 28.559,70;
  • Se encaixar em alguma das condições de trabalho: É preciso que você exerça uma das seguintes categorias de trabalho. APENAS UMA É NECESSÁRIO!
    • Exercer atividades como microempreendedor individual (MEI);
    • Estar inscrito no CadÚnico (Cadastro Único) para Programas Sociais do Governo Federal antes do dia 20 de março de 2020;
    • Ter cumprido o requisito de renda média (renda de até meio salário mínimo por pessoa ou de até 3 salários mínimos por família) até 20 de março de 2020;
    • Ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS);

Para quem é? Auxílio Emergencial

3. Como se cadastrar para ganhar o Auxílio Emergencial?

Existem duas maneiras de fazer isso e a mais recomendada é por meio do site oficial. Contudo, no caso de você não ter um computador disponível, existem apps oficiais para fazê-lo.

No caso de navegadores de internet, primeiro siga até o site oficial do auxílio. Clique no botão que diz “Realize sua solicitação” para começar o processo. Na próxima tela, leia os requerimentos e, após, marque as duas caixinhas na parte inferior e clique no botão “Tenho os requisitos, quero continuar”.

Começo Auxílio Emergencial

Agora, digite os seus dados pessoais, como nome completo e CPF e clique em “Continuar”. Nessa tela, digite o número de celular e escolha a sua operadora telefônica para receber por meio da sua linha um SMS com código de confirmação. Clique em “Continuar”.

dados e número do celular Auxílio Emergencial

Em seguida, digite o código recebido e clique novamente em “Continuar”, lembrando que o código pode demorar até 10 minutos para chegar. Informe os dados complementares, como renda média antes da pandemia, atividade profissional e de onde é.

validação e dados

Digite o número de membros de sua família que tenham CPF e preencha os dados corretamente de cada um, com seus CPFs e datas de nascimento. Escolha se quer receber por meio de uma conta bancária que já existe ou se quer que a Caixa crie uma automaticamente para você.

Composição e recebimento Auxílio Emergencial

Se tiver uma conta já existente onde quer receber o seu Auxílio Emergencial, é preciso que a conta esteja no seu CPF. Escolha o banco certo e digite as informações relevantes. Caso precise de uma conta nova, escolha se quer criá-la com seu RG ou com sua habilitação e digite o número do documento.

Por fim, verifique que todos os dados estão corretos, aceite na caixinha na parte inferior e clique em “Concluir sua solicitação”. Em um período de até 5 dias, o resultado da solicitação estará disponível no site!

Concluir Auxílio Emergencial

No caso de smartphones, é preciso baixar o app para o seu sistema operacional, seja ele Android ou iPhone. Para isso, siga até a Play Store ou até a App Store.

O processo será bastante similar, então a explicação será mais breve. Comece clicando em “Realize sua solicitação”, role para baixo, marque as caixinhas e clique em “Tenho os requisitos, quero continuar”, digite as informações pessoais e clique em “Continuar”, digite o número do celular e escolha a operadora e toque em “Continuar”.

No Celular 1

Após receber o código por mensagem de texto, digite ele e continue. Inclua os dados complementares, os membros da família com CPF e escolha por onde quer receber o Auxílio Emergencial. Agora, revise os dados e clique em “Concluir sua solicitação”. Pronto, agora é só esperar ser aprovado!

No Celular 2 Auxílio Emergencial

4. Quando começam os pagamentos?

Importante saber, também, é quando você pode contar com ganhar dinheiro o suficiente para pagar as contas, vindos desse benefício. Eles serão conforme abaixo:

  • 1ª Parcela
    • Quem tem poupança na Caixa ou correntista do BB recebe a partir de 09/04;
    • Quem tem conta em outros bancos recebem a partir de 14/04;
    • Quem não está inscrito no CadÚnico receberá em até cinco dias úteis após o cadastro.
  • 2ª Parcela
    • A partir de 27/04, por ordem de mês de nascimento (janeiro, fevereiro e março dia 27/04, abril, maio e junho dia 28/04 e assim por diante);
  • 3ª Parcela
    • A partir de 26/05, também por ordem de mês de nascimento (janeiro, fevereiro e março dia 26/05, abril, maio e junho dia 27/05 e assim por diante);

E aí, o que achou do nosso guia de como solicitar o seu Auxílio Emergencial?

Deixe nos comentários se conhecia ele ou se fomos nós que te apresentamos essa ajuda para lidar com o coronavírus. Não se esqueça de conferir, também, as nossas dicas de onde consumir conteúdos culturais durante a quarentena e a nossa seleção dos aplicativos sobre coronavírus.

Veja, também, o nosso guia completo de como fazer renda extra online!





Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo