Preço do iPhone 12: quando custará no Brasil?
Nenhum Comentário
Preço do iPhone 12: quando custará no Brasil?
Preço do iPhone 12: quando custará no Brasil?

Preço do iPhone 12: quando custará no Brasil?

Nenhum Comentário

O iPhone 12 já não é mais um mistério e muito menos o seu custo aqui no Brasil. O preço do iPhone 12 em mercado foi anunciado oficialmente pela Apple recentemente, assim como menção de que o aparelho chegará aqui no dia 20 de novembro de 2020.

Só que além de te dizer exatamente o preço do iPhone 12 em nosso país, vamos explorar um pouco dos motivos para isso. Se estiver curioso e quiser saber mais do assunto, confira logo abaixo!

Leia também: O que fazer quando o iPhone está inativo

Preço do iPhone 12 no Brasil

Poucas semanas após o anúncio oficial do iPhone 12, os preços brasileiros foram revelados pela Apple. Se os custos de seus antecessores já eram altos, o preço do iPhone 12 certamente surpreendeu até usuários veteranos do sistema iOS.

Como o aparelho tem vários modelos e opções de armazenamento diferentes, os preços também variam bastante. Você pode conferir tudo a seguir:

iPhone 12

  • 64 GB – R$ 7.999
  • 128 GB – R$ 8.499
  • 256 GB – R$ 9.499

iPhone 12 Mini

  • 64 GB – R$ 6.999
  • 128 GB – R$ 7.499
  • 256 GB – R$ 8.499

iPhone 12 Pro

  • 128 GB – R$ 9.999
  • 256 GB – R$ 10.999
  • 512 GB – R$ 12.999

iPhone 12 Pro Max

  • 128 GB – R$ 10.999
  • 256 GB – R$ 11.999
  • 512 GB – R$ 13.999

Motivos para um preço tão alto

quanto custa o iphone 12

O iPhone sempre foi um smartphone caro, assim como todos os outros produtos da Apple. Considerando que a empresa praticamente se vende como uma marca de luxo, isso não é de se surpreender.

É mais simples de cobrar mais caro se seus consumidores sempre estiverem dispostos a pagar o valor que for. Mas há outros fatores que contribuem para o preço do iPhone 12, como citamos a seguir:


1. O iPhone não tem concorrentes reais

É claro que é muitos smartphones Android que fazem concorrência com o iPhone, mas não é uma comparação justa. Afinal, são sistemas operacionais totalmente diferentes.

Só a Apple pode fazer smartphones com o sistema iOS, o que dá muito mais controle a eles em como esses aparelhos são construídos. Também há uma grande vantagem na maneira que eles podem otimizar tanto os smartphones como o sistema em si.

Enquanto isso, dezenas de fabricantes podem usar o Android em seus smartphones. Só que eles precisam encontrar maneiras de otimizar seus aparelhos sem a mesma vantagem da Apple.

A realidade é que sem aparelhos de outras fabricantes com o iOS, a Apple não tem um corrente real. Há apenas equivalentes no mercado, já que o Android e o iOS ainda são bem diferentes.

Com isso, a Apple se aproveita e cobra o que quiser de quem quer ter um aparelho com o iOS. Algo que acontece bastante com quem precisa usar o Mac para trabalhar e quer uma unificação maior entre todos os seus dispositivos.

2. Dólar muito alto

Não importa quantos motivos a gente possa dar para o iPhone 12 estar tão caro no Brasil, não tem como ignorar a alta do dólar em relação ao real. Em 2020, vimos uma alta totalmente inédita, com o dólar chegando bem perto dos 6 reais.

É claro que isso influencia demais não só no preço do iPhone 12 como em qualquer produto vendido em nosso país atualmente. Não há como saber se os preços vão diminuir se o dólar cair um pouco, então o jeito é esperar ou aceitar o custo atual.

3. Mudança de preço nos EUA

Vale mencionar ainda que houve uma mudança de preço no iPhone 12 em relação ao seu antecessor. Enquanto o iPhone 11 custava US$699 na versão de 64GB, o iPhone 12 custa US$ 829 como mesmo espaço de armazenamento.

E nem dá para dizer que a culpa é do iPhone 12 Mini, que é visto como o modelo mais barato entre os smartphones novos. Afinal, o Mini custa US$ 729 na mesma versão de 64 GB.

A única maneira de conseguir um iPhone levemente mais barato que isso por lá é fazer a compra com um chip de uma operadora americana. E mesmo assim, os valores são só 30 dólares menores.

Como o iPhone não oferece nada de muito diferente, a especulação é que a Apple tenha mudado os valores para não se igualar a smartphones concorrentes. O Google Pixel 5 é visto como um dos maiores causadores dessa situação.

Ele custa R$699 na versão de 128 GB, o que é 100 dólares a menos que seu antecessor, o Google Pixel 4. E já é sabido que a Google optou por fazer do Pixel 5 um aparelho menos poderoso do que em anos anteriores.

Desta forma, ficaria “feio” para a Apple lançar o que ela chama de “smartphone mais rápido do mundo” pelo mesmo preço de um intermediário-premium. Ainda mais quando consideramos que a Apple ainda é vista como marca de luxo, como falamos antes.

Vale a pena comprar um iPhone 12 hoje?

vale comprar o iphone 12

Se compararmos o que o iPhone 12 oferece em relação aos concorrentes, fica difícil de recomendá-lo pelo preço que vemos em nosso mercado. Os concorrentes não só podem oferecer mais, como também custam menos.

Fora isso, a maioria das empresas não segue o padrão da Apple de tentar serem marcas de luxo. Isso permite promoções nas lojas oficiais e até reduções de preços fixas ao longo dos meses após o lançamento.

Infelizmente, no estado que está, o preço do iPhone 12 pode assustar até os fãs fieis da empresa. Desse jeito, é mais fácil de recomendá-lo se você conseguir encontrar um preço mais em conta fora do nosso país.

Ainda assim, considerando que ele não apresenta novidades substanciais, talvez seja melhor esperar o modelo do ano que vem.

Leia também: Os 7 erros mais comuns na hora de carregar o iPhone

O que achou do preço do iPhone 12 no Brasil?

Deu para aproveitar o nosso guia para entender mais do preço do iPhone 12 aqui no Brasil? Então não esqueça de deixar seu comentário nos dizendo o que achou dos preços e se planeja comprar um iPhone em algum momento.

Não deixe de conferir nossos guias também do que fazer quando o iPhone não liga ou quando o iPhone não carrega!


Seções:



Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo