Alto uso de CPU no macOS? Conheça 5 maneiras de corrigir
Alto uso de CPU no macOS? Conheça 5 maneiras de corrigir
Alto uso de CPU no macOS? Conheça 5 maneiras de corrigir

Alto uso de CPU no macOS? Conheça 5 maneiras de corrigir


O alto uso da CPU no macOS (Unidade Central de processamento) pode acarretar vários problemas no seu Mac. Isso inclui redução de desempenho do sistema operacional, superaquecimento e travamentos constante de aplicativos.


A origem do problema às vezes pode ser óbvia, mas geralmente você vai precisar cavar mais fundo para encontrá-la.

No entanto, você pode resolver a maioria dos problemas de alto uso da CPU do macOS seguindo procedimentos corretos de solução de problemas.

Confira a seguir, 5 dicas para identificar e solucionar o problema.

problemas cpu no macos

 

Leia mais: Recuperação do MacOS 8 maneiras de usar

 


1. Atualize e reinicie o Mac

Nesse tipo de situação é comum alguém perguntar: “Você já tentou desligar e ligar?”. Mas, pode ser que a solução mais simples seja a mais correta.

O mais importante, é que antes de reiniciar o Mac, você precisa verificar se existem atualizações de software pendentes. Não é incomum atualizar seu sistema e aplicativos e tudo voltar ao normal.

Além disso, se você não tiver restrições de dados, verifique se ativou as atualizações automáticas no macOS. Dessa forma, você sabe que está sempre executando o software mais recente.

Para atualizar o software, siga o passo a passo:

  1. Abra as Preferências do sistema e vá em Atualização de software.
  2. Aceite todas as atualizações disponíveis que for solicitado.
  3. Certifique-se de marcar Manter o Mac atualizado automaticamente.
  4. Clique em Avançado para configurações de atualização mais específicas e altere se for necessário.

Para verificar se há atualizações do aplicativo, siga estas etapas:

  1. Abra Aplicativos > App Store.
  2. Selecione Atualizações no menu lateral.
  3. Atualize todos os aplicativos importantes.

Independentemente de você ter instalado atualizações, reinicie o Mac.

2. Identifique a origem do alto uso da CPU usando o Monitor de Atividade

Se atualizar e reiniciar o Mac não resolverem o problema, você deve fazer uma “investigação”. Graças ao Monitor de Atividades, é possível identificar a origem de seus problemas.

Para identificar a causa do alto uso da CPU no macOS, siga o passo o passo:

  1. Abra Aplicativos > Utilitários > Monitor de atividade.
  2. Certifique-se de que % CPU esteja selecionado na barra de controle e definido em ordem decrescente. Isso significa que a seta deve estar apontando para baixo.
  3. Examine a lista. O processo com o maior uso da CPU ocupará o primeiro lugar.

Conhecer o Monitor de Atividade é um esforço que vale a pena, pois o aplicativo pode ajudar a identificar vários problemas que podem surgir no seu Mac, incluindo bateria fraca e uso excessivo de dados.

Se você identificou o que está sendo responsável pelo alto uso da CPU, consegue corrigir o problema.

3. Atualize, reconfigure ou reinstale o “aplicativo problemático”

Se o alto uso da CPU estiver sendo causado por um aplicativo específico, você pode seguir um passo a passo para resolver o problema.

No entanto, se o kernel_task ou outro processo parecer estar causando o problema, prossiga para a próxima dica do artigo.

Primeiro, você deve verificar se há atualizações do aplicativo em questão, pois essa pode ser a maneira mais prática de resolver o possível problema.

Se o seu software estiver atualizado, você deve examinar o aplicativo problemático em busca de problemas de configuração ou extensões, complementos e plug-ins.

Você também tem a opção de entrar em contato com o desenvolvedor para obter orientação sobre como solucionar problemas do aplicativo.

Se o problema persistir, pode ser necessário reinstalar o aplicativo, lembrando que você deve sempre fazer o backup dos seus dados mais importantes antes de desinstalar qualquer coisa do sistema.

Alguns aplicativos vêm com seus próprios desinstaladores, que tornam a desinstalação mais fácil e que você deve usar quando disponíveis. Mas também pode remover a maioria dos aplicativos arrastando-os para a lixeira e pressionando Esvaziar.

Depois de removido, você está livre para reinstalar o aplicativo da App Store, do site do desenvolvedor ou de outra fonte.

4. Resolva o alto uso de CPU do Kernel_Task

Quando os processos causam superaquecimento da CPU no macOS, o kernel_task intervém para acalmar as coisas. Portanto, kernel_task é mais um bode expiatório do que o componente que pode estar causando o problema.

Por meio do Monitor de Atividade, você pode identificar o verdadeiro culpado, mas se não, pode resolver a maioria dos problemas de alto uso da CPU do kernel_task com a procedimento correto.

Para solucionar problemas de alto uso da CPU do kernel_task, siga o passo a passo:

  1. Remova periféricos desnecessários.
  2. Reinicialize o SMC e o PRAM.
  3. Remova o Adobe Flash, se houver.
  4. Teste em modo de segurança e remova itens de inicialização de terceiros, daemons de inicialização e extensões de kernel, se aplicável.
  5. Verifique se há problemas de hardware (próxima dica do artigo).
  6. Faça backup e reinstale o sistema operacional (SO) se tudo mais falhar.

 

O ideal é tentar primeiro as soluções mais simples e evitar medidas drásticas. No entanto, às vezes é necessário apagar e reinstalar completamente o sistema para resolver problemas persistentes. Mas primeiro, você deve verificar se há problemas de hardware óbvios.

5. Identifique problemas de hardware que podem causar alto uso da CPU

Uma maneira rápida de identificar quaisquer problemas óbvios de hardware é executar o Diagnóstico Apple. Para fazer isso em um Mac com chip Intel, siga siga o passo a passo:

  1. Inicie o seu Mac.
  2. Pressione e segure imediatamente a tecla D no teclado.
  3. Solte a tecla quando uma barra de progresso aparecer.
  4. Siga as instruções.

Para executar o Diagnóstico Apple em um Mac com chip M1, siga o passo passo:

  1. Inicie o seu Mac e continue segurando o botão Power.
  2. Solte o botão Power quando a tela de opções de inicialização for exibida.
  3. Pressione Cmd + D .

O Diagnóstico Apple identificará problemas óbvios; no entanto, causas mais sutis podem exigir investigação adicional. Uma boa maneira de confirmar um problema de software ou hardware é testar a partição de recuperação, que é independente do sistema operacional principal.

Para inicializar para recuperação em um Mac com chip Intel, siga o passo a passo:

  1. Inicie o seu Mac.
  2. Imediatamente pressione e segure Cmd + R.

Para inicializar para recuperação em um Mac com chip M1, siga estas etapas:

  1. Inicie o seu Mac e continue segurando o botão Power.
  2. Solte o botão Power quando a tela de opções de inicialização for exibida.
  3. Selecione Opções.
  4. Clique em Continue.

Se o problema persistir no modo de recuperação, você pode ter um problema de hardware e deve ter seu Mac diagnosticado por uma loja da oficial da Apple ou com provedor de serviços.

Se, no entanto, o problema não ocorrer ao inicializar a partição de recuperação, é provável que você esteja lidando com um problema de software, que pode ser resolvido com mais solução de problemas ou reinstalação completa do sistema.

Gostou das nossas dicas sobre como resolver o alto uso da CPU no macOS?

Conseguiu acompanhar nossas dicas para resolver os problemas de CPU no seu Mac? Então deixe um comentário dizendo como esse artigo conseguiu te ajudar!

 


Por Equipe Apptuts
Nenhum Comentário
Seções:



Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo