Controle parental no iPhone, no iPad e iPod: como fazer
Controle parental no iPhone, no iPad e iPod: como fazer
Controle parental no iPhone, no iPad e iPod: como fazer

Controle parental no iPhone, no iPad e iPod: como fazer


Sabemos o quanto é importante ficar de olho no que seus filhos acessam em seus smartphones, tablets e computadores. Afinal, é difícil de ter total noção se eles estão acessando apenas apps, softwares e sites apropriados o tempo todo. O bom é que há algumas boas opções de controle parental no iPhone, iPad e iPod.


Para te ajudar a configurar tudo, nós separamos as principais opções de controle parental no iPhone e outros dispositivos da Apple. Caso esteja curioso, você pode conferir o nosso guia completo logo abaixo!

Opções de controle parental no iPhone, iPad e iPod

Conforme mencionamos, há algumas formas de controle parental no iPhone, iPad e iPod. Nós vamos mencionar as principais formas que você pode usar esse controle dos pais nos seus dispositivos a seguir:

1. Restrições

opções de controle parental no iPhone

A nossa primeira dica para quem quer saber mais sobre o controle parental no iPhone e iPad é opção de “Restrições”. Essa opção é basicamente uma maneira de ligar o controle parental no seu dispositivo iOS.

É partir daí que nós vamos poder usar outras funções desse modo. Você poderá impor alguns limites de como seu filho usa o iPhone, iPad e iPod, como veremos a seguir.

2. Desativar apps

Com a opção de “Restrições” ativada no seu dispositivo iOS, você verá uma opção chamada “Permitir” habilitada. Isso fará com que você possa impor uma limitação ou até um bloqueio de um aplicativo que não quer que seu filho acesse.

Isso inclui até mesmo um navegador de internet, o que facilita se não quer que seu filho acesse a internet sem limites. Você decide o que quer bloquear e por quanto tempo quer deixar os tais apps bloqueados.


3. Privacidade

Todos os apps instalado no seu iPhone, iPad ou iPod possuem opções de que permissão você dá a eles. Isso inclui se eles podem acessar sua câmera, sua galeria de fotos, sua localização por GPS, etc.

Nossa sugestão é que dê uma olhada nos apps que possui e faça restrições nessas permissões. O melhor é restringir a câmera, o microfone e a localização, já que isso pode ser o mais comprometedor em apps inapropriados.

4. Limitar conteúdo

Em vez de bloquear totalmente o uso de certos apps e jogos, você pode só limitar esse conteúdo dele. Por exemplo, pode ser que você não queira que seu filho jogue certos games no modo multiplayer.

Afinal, muitos jogos possuem interações por chat com outras pessoas que podem ter intenções maliciosas. É possível desabilitar esses recursos manualmente, o que te dá a chance de limitar absolutamente tudo em todos os jogos também.

5. Aprovação de compras

Você já deve ter ouvido falar de compras absurdas feitas por crianças em aplicativos e jogos mobile. Para evitar isso, você pode fazer com que as compras tenham que ser aprovadas por outra pessoa.

Quando criar a conta do seu filho, se marcar que ele tem menos de 13 anos, essa função estará ativada por padrão. Se esse não for o caso, você pode ir nas configurações de usuário e adicionar um novo membro do compartilhamento familiar do dispositivo.

Lá, você pode criar uma conta infantil, então terá a opção de aprovação das compras ativa naturalmente.

Alternativas para controle parental

Caso não esteja satisfeito com as opções de controle parental no iPhone, iPad e iPod, é claro que você pode procurar alternativas. Existem excelentes aplicativos que você pode usar no seu dispositivo.

Para que você não tenha que tenha que procurar por apps aleatórias, nós separamos alguns dos melhores. Confira nossas sugestões abaixo!

1. Qustodio

alternativas no iphone

A nossa primeira sugestão entre as alternativas para o controle parental no iPhone é o Qustodio. Ele pode ser usado para que você supervisione o uso que seu filho faz no smartphone ou tablet.

Dá para ver quanto o seu filho passou em cada app, por exemplo. Desta forma, é mais fácil de saber quais apps limitar mais ou qual deles você precisa estabelecer um horário de uso específico.

Também dá para monitorar mensagens, filtrar sites e bloquear app. Caso tenha se interessado, dá para saber mais ao acessar o link a seguir.

2. MSpy

Outra excelente ferramenta de controle parental que podemos recomendar é o MSpy. Esse aplicativo pode ser usado em smartphones e tablets da Apple, sendo inclusive um dos mais completos de sua categoria.

Você pode monitorar mensagens, ligações, uso de apps e até a localização do dispositivo por GPS. Ainda dá para fazer o monitoramento de redes sociais, algo que nem sempre é possível nesses apps.

Vale dizer que você ganha acesso ao que fica armazenado na galeria do aparelho e ao histórico do navegador. Se achou interessante, dá para saber mais ao acessar o link.

3. NetNanny

O NetNanny é a nossa próxima sugestão de app para controle dos pais nos dispositivos iOS. O melhor é que ele não funciona apenas em aparelhos móveis, mas também em computadores Windows e Mac.

Com ele, você pode filtrar o uso de aplicativos e o tipo de conteúdo que seu filho acessa na internet. Fora isso, dá para estabelecer os dias e horários que a criança poderá usar o smartphone de fato.

Como bônus, o app ainda tem um gerenciador de senhas, o que evita que o seu filho descubra ou mude a senha dessas configurações. Você pode saber mais ainda ao acessar o link.

4. FamilyTime

alternativas no iphone

Por fim, também podemos recomendar o FamilyTime para quem procura uma alternativa de controle parental no iPhone e iPad. Esse aplicativo pode te ajudar a bloquear apps e sites inapropriados, além de ativar apenas buscas seguras no navegador.

Fora isso, você pode estabelecer o tempo de uso do smartphone ou tablet do seu filho. Desta forma, quando for a hora de dormir, eles não conseguirão usar o dispositivo de forma escondida.

É possível fazer o mesmo para outros momentos, como quando a criança estiver na escola ou em casa estudando. Você pode conferir mais ao acessar o site.

Gostou das dicas?

Deu para aproveitar as nossas sugestões para aprender mais sobre como definir o controle parental no iPhone, iPad e iPod? Então não esqueça de deixar seu comentário nos dizendo o que achou e quais alternativas achou mais interessante.


Por Equipe Apptuts
Nenhum Comentário
Seções:



Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo