Fotos do céu noturno: guia básico para você fazer bonito!
Fotos do céu noturno: guia básico para você fazer bonito!
Fotos do céu noturno: guia básico para você fazer bonito!

Fotos do céu noturno: guia básico para você fazer bonito!


Você olha pro céu e fica encantado e só pensa em como seria conseguir tirar as melhores fotos do céu noturno com seu celular?


Pois é, muitas pessoas também sentem essa dificuldade ao tentar fazer fotos à noite sem a utilização de câmeras profissionais, mas neste artigo vamos te ajudar com um guia básico.

como tirar boas fotos do céu noturno

A maioria dos sensores dos celulares e smartphones têm dificuldade em capturar a quantidade suficiente de luz para um resultado final bonito. Gerando assim os problemas mais comuns como fotos escuras, tremidas, granuladas e sem definição. 

E aí, aquela imagem linda do céu repleto de estrelas ou da lua maravilhosa acaba se parecendo muito mais com o poste de iluminação da sua rua do que com o próprio astro.

Mas, se você conferir as dicas desse guia básico, baseado na astrografia, com certeza conseguirá  obter ótimos resultados de fotos de céu noturno com seu celular.

Conhecendo o seu equipamento

Para uma boa fotografia, é essencial entender o que o seu equipamento pode te oferecer e conhecer como ajustar algumas ferramentas importantes.

Entre os principais itens que você precisa se atentar estão:

  1. Câmera
  2. Lentes
  3. Tripé
  4. Obturador

Então vamos analisar um pouco a importância de cada um.

1. Câmera

Um ponto fundamental na hora da escolha da sua câmera para tirar fotos do céu noturno é o modo de exposição manual.

como ajustar o celular para tirar fotos a noite

É claro que uma boa câmera SLR digital, com alta capacidade ISO seria excelente, mas alguns aparelhos celulares atuais já apresentam a possibilidade de você utilizar sua câmera no modo de exposição manual para que suas imagens do céu noturno não tenham ruído.

Além disso, você terá mais controle sobre detalhes importantes como balanço de branco, gravação em RAW e outros.

O ponto mais importante aqui é testar!

Teste sua câmera, mexa nas configurações, entenda o que elas podem fazer pela sua imagem e vá encontrando formas de melhorar.

Caso a sua câmera não tenha algumas configurações básicas, pode ser interessante baixar aplicativos que oferecem algumas das principais opções de ISO. Funções como tempo de exposição e foco são os mais importantes ajustes, responsáveis pelos melhores resultados  das imagens.

Por exemplo, caso seu aparelho não ofereça um tempo de exposição grande, será impossível capturar a quantidade de luz necessária para produzir uma foto incrível.

Mais abaixo detalharemos esse item melhor.

2. Lentes

Grande parte das vezes, qualquer lente fará um bom trabalho. Contudo, se você deseja captar aquela imagem com o máximo do céu, lentes rápidas podem ser a melhor opção. 

A lente grande angular, idealmente de 24mm ou acima é uma excelente escolha.

Uma lente rápida tem uma abertura muito ampla como f/2.8 ou f/1.8, e isso é ótimo para você fotografar em condições de pouca luz.

Agora se você não tem uma câmera dessas, não desanime. 

Existe a possibilidade de ajustar o zoom ou ainda utilizar softwares de edição para juntar fotos em sequência, mas também vamos detalhar melhor esses itens mais abaixo.

3. Tripé

Sabe aquela parte do serviço que não tem como fugir porque é algo que parece simples, mas é essencial? 

Pois é, um tripé, em situações de pouca luz, vai evitar que sua foto fique “borrada” ou “tremida”. 

Isso porque a câmera precisa ficar absolutamente imóvel durante o processo. 

E nem adianta pensar em apoiar sua câmera em algum muro, pedra ou outro item, detalhes pequenos como esse são fundamentais para fotos de céu noturno bonitas.

equipamentos para tirar boas fotos noturnas

4. Obturador

Sim, o tripé é fundamental, mas um gatilho obturador também é algo que você precisa considerar. 

Por mais leve que seja sua mão ao pressionar o botão da câmera, ela vai tremer um pouco e pode atrapalhar o resultado.

Então, um bom obturador, com ou sem fio, vai melhorar consideravelmente a experiência.

Mas, caso você não queira investir nisso ou, esteja usando seu celular, usar o temporizador da câmera pode ajudar a estabilizar a câmera antes da foto.

Agora que os detalhes referentes aos equipamentos estão um pouco mais esclarecidos, vamos às dicas do nosso guia básico de como tirar as melhores fotos do céu noturno e fazer bonito!

Técnicas para incríveis fotos do céu noturno

Cada tipo de foto tem uma característica diferente. Tirar fotografia dos amigos, das festas, de passeio ou comida requer técnicas diferenciadas e complexas.

Porém existem algumas dicas que vão te ajudar a tirar as fotos do céu noturno. Vamos lá.

Configuração da câmera

Como falamos acima, o principal ponto para ter maior controle das configurações é utilizar o modo manual da câmera.

Porém, aqui embaixo te damos a dica de uma boa base para ajustar a sua: 

  • Velocidade do obturador: 15 segundos
  • Abertura: f/2.8
  • ISO: 800

Contudo, lembre-se de experimentar. Aprender a mexer nas configurações é muito importante e vai trazer maior liberdade.

Entretanto vale ressaltar que mexer em uma das configurações, geralmente exige que você altere as outras duas também. 

Entendendo e ajustando o tempo de exposição

Tempo de exposição é o tempo que a câmera precisa estar aberta para captar a quantidade necessária de luz para uma melhor qualidade da imagem capturada.

E aí vem a questão, qual o tempo ideal ou necessário? Depende do seu foco fotográfico.

Vamos pegar uma noite de lua cheia como exemplo, com tanta luz do próprio astro, dois segundos podem ser tempo demais.

Porém, se você quiser focar nas estrelas, esse tempo fica muito curto já que o brilho delas é menor em relação à Lua. E então você vai precisar de um tempo maior de exposição da câmera.

Quanto mais tempo de exposição, mais luz o sensor da câmera vai absorver e mais clara a foto ficará.

Agora você sabia que a maioria das fotografias do céu noturno acabam parecendo mais brilhantes do que são devido a um recurso do tempo de exposição?

Você pode utilizar a exposição de vários segundos – e não aqueles cliques em sequência de alguns aparelhos celulares –  para que a câmera capte mais luz das estrelas, do céu e do horizonte. 

Depois as fotos são processadas em aplicativos como o Lightroom ou o Photoshop.

Utilize o modo HDR

Para tirar fotos noturnas com seu smartphone, caso ele tenha o modo HDR, utilize-o!

Alguns aparelhos já possuem esse recurso, geralmente o ícone do HDR fica visível ao abrir a câmera do celular. Caso não encontre ali, abra as configurações para ativá-lo.

O modo HDR aumenta a sensibilidade da câmera, isso significa capturar mais luz e equilibrar mais o contraste da imagem e aumentando a intensidade das cores.

Lembre-se de utilizar um tripé e o temporizador para que a imagem não saia tremida.

Não use o zoom digital

Se você ainda não conhecia a diferença entre o Zoom Digital e o Zoom Óptico, aqui está mais uma excelente dica para suas fotos.

A maioria dos recursos de zoom oferecidos nos smartphones são apenas um truque de aproximar digitalmente a imagem. Por este motivo, na maioria das vezes, as fotos ficam pixeladas, com pouca nitidez e borradas.

diferença do zoom optico e zoom digital

Então, caso o seu aparelho não tenha um zoom óptico, evite utilizar o zoom digital para fazer fotos no escuro.

Fuja da poluição luminosa

O excesso de luz artificial externa é a chamada poluição luminosa. Em fotos do céu noturno é preciso considerar esses desvios luminosos e procurar pontos mais escuros.

A luminosidade das casas, dos postes de luz podem ofuscar o brilho das estrelas e astros.

Ou seja, quanto mais escuro estiver, melhor para a fotografia do céu.

como tirar fotos do céu no escuro

Conheça o céu

Se sua intenção é fotografar mais profissionalmente, conhecer o movimento dos astros com certeza irá ajudar em suas fotografias. Com a rotação da Terra ao redor do Sol, o céu vai mudando e esse conhecimento vai te ajudar.

Existem diversos aplicativos que podem te ajudar a mostrar a posição de estrelas em tempo real.

Mas, mesmo que você não seja o maior expert na área e não queira baixar os aplicativos, algumas dicas simples podem te ajudar, como as dicas do próximo tópico.

Nuvens e Lua podem atrapalhar as fotos

Escolher o local e estar atento ao tempo na sua região também é um item importante.

Um céu noturno coberto de nuvens pode acabar com seus planos.

Outro fator que deve sempre ser observado é a fase da Lua. A Lua Cheia, por exemplo, não é a melhor modelo para suas fotos. Em compensação, quando ela vai mudando de fases e o seu brilho diminui, o registro torna-se mais favorável. Noites próximas à Lua nova, quando o céu é ainda mais escuro são excelentes opções.

Edite suas fotos do céu noturno

Como citamos no início do artigo, editar suas fotos é muito importante. Até porque, nem sempre o software da câmera do seu aparelho é o melhor para fazer fotos à noite.

Normalmente, o celular apresenta uma ferramenta de edição de imagem bem básica. Entretanto, mesmo utilizando seu celular é possível fazer alguns ajustes e destacar mais o brilho das estrelas ou da Lua. 

Controlar o contraste e o brilho são muito importantes. Aumentar o contraste ajuda a destacar as partes escuras do céu, enquanto diminuir a exposição reduz a claridade das superfícies iluminadas na foto.

Mas é claro que sua identidade pessoal é um ponto a ser destacado. Utilize sua criatividade e arrase! 

Alguns aplicativos específicos de câmera para fotografar à noite ou em ambientes com pouca luz que podemos citar são o Camera FV-5 e Night Camera, disponíveis para Android, e do Moonlight, disponível para iOS.

Também pode ser interessante experimentar o Manual – RAW Camera (iOS) e o Manual Camera (Google Play) que te permitem controlar por quanto tempo de exposição, o ISO e a compensação de exposição, recursos iguais aos existentes nas câmeras profissionais, porém os dois apps são pagos, mas valem o pequeno investimento.

Pratique

As dicas do guia acima são informações para te ajudar a desbravar esse universo. Mas, se mesmo assim você ficar com receio de fotografar, lembre-se que antes de correr você nem sabia engatinhar.

Então arrisque, experimente e abra o seu olhar. Observar as estrelas, o céu e a maneira como a câmera capta as luzes já valem o ensinamento.

Contemplar a natureza, o universo ao nosso redor e fazer aquela pausa do mundo moderno tão corrido pode mudar suas perspectivas, acalmar sua mente e te levar a um novo mundo.

Pronto para tirar fotos do céu noturno e fazer bonito?

Pratique e aproveite para compartilhar este artigo com aquele amigo que gosta de fotografia ou que é apreciador do céu noturno.

Aproveite também as dicas abaixo:


Por Equipe Apptuts
Seções:



Voltar ao topo