Vale a pena comprar o iPhone SE em 2022?
Vale a pena comprar o iPhone SE em 2022?
Vale a pena comprar o iPhone SE em 2022?

Vale a pena comprar o iPhone SE em 2022?


O iPhone SE foi lançado oficialmente em 2016 e ainda é uma opção muito procurada por quem quer uma opção mais barata de iPhone. Na época, ele já era considerado uma versão mais simples entre os modelos da Apple, o que só se intensificou com o passar do tempo. Seu design, tela e performance em geral estão bem datados atualmente, o que gera a dúvida de se vale a pena comprar o iPhone SE de 2020 para frente, tal como o iPhone 11 ou o iPhone 11 Pro Max.


Para que você possa tomar uma decisão mais bem pensada, nós separamos alguns fatores bem importantes que você precisa considerar. Com tudo isso em perspectiva, você terá uma noção melhor do que o aparelho oferece e se ainda vale comprar o iPhone SE. Confira tudo logo abaixo!

1. Design

comprar o iPhone SE

Para começar, vale mencionar o design do iPhone SE. Ele é bem mais antiquado e remete ao visual do iPhone 4 ao iPhone 5s. A Apple decidiu seguir esse estilo especificamente porque muita gente não estava acostumada ou não gostava da aparência do iPhone 6 e 6s da época.

O grande problema é que um aparelho tão pequeno e com bordas tão grossas é bem mais fora do padrão agora. Ele pode ser bom para quem ainda prefere o design antigo do iPhone, mas no geral não traz muitos benefícios. No geral, só é mais fácil de levar no bolso e ser bem discreto.

Isso é mais óbvio agora que a Apple deu uma reinventada no design de seus smartphone com a chegada do iPhone X em 2017. Seu aparelhos são ainda mais finos e quase sem nenhuma borda além do entalhe na parte frontal superior.

Leia também:

2. Tela

Já que falamos do design e tamanho do iPhone SE, também temos que mencionar a sua tela. Com bordas tão grossas na parte superior e inferior do aparelho, a tela é bem pequena.

Basicamente, é um display IPS de apenas 4 polegadas com resolução de 1136 x 640 pixels. Considerando que a maioria dos smartphones possuem telas de pelo menos 5 polegadas e resolução Full HD, fica difícil recomendar um aparelho com um display deste tipo.

Isso vale especialmente porque a maior parte do conteúdo que se vê em smartphones já está em Full HD ou até em 4K. Será difícil de aproveitar tudo que é oferecido na internet em uma tela tão pequena e de resolução bem ruim.

3. Performance

Assim como o iPhone 6s, o iPhone SE vem com o chip A9. Em 2016, este era um chip bem potente. Só que apenas os 2 GB de RAM deste aparelho acabam não sendo o suficiente nos dias de hoje.

Isso acaba sendo bem perceptível com o fato dos apps exigirem muito mais dos smartphones do que alguns anos atrás. Com tantas atualizações e novos recursos, muitos apps podem acabar deixando o iPhone SE mais lento.

Apps mais simples ainda podem funcionar bem, mas não espere o mesmo de jogos mais pesados, por exemplo.

4. Bateria

vale a pena comprar o iPhone se

o iPhone SE conta com uma bateria de 1624 mAh de capacidade. Como ele é bem pequeno e sua tela é pouco exigente, isso significa que ele aguenta até 13 horas de uso contínuo.

Isso é muito bom se você procura por um aparelho simples, pequeno e que tenha uma bateria de boa duração. Neste quesito, comprar o iPhone SE não é tão ruim.

5. Suporte ao iOS

Este ano, a Apple garantiu que smartphones mais antigos como o iPhone SE ainda tivesse suporte à nova versão do iOS. Considerando que o iPhone 6 (lançado em 2014) ficou de fora, é de se esperar que o iPhone SE não tenha suporte por muito tempo. Nossa previsão é que isso acabe em 2020 ou 2021 no máximo.

Isso é algo muito importante a se considerar. Afinal, sem suporte a novas atualizações, muitos apps podem deixar de funcionar no iPhone SE.  Depois de um tempo, alguns podem apresentar erros e bugs que não serão consertados.

6. Preço e custo-benefício

Em seu lançamento, o iPhone SE custava R$ 2.699.  Um preço acima de aparelhos similares, mas bem mais barato que outros iPhones. Atualmente, você pode encontrar o aparelho no Brasil por cerca de R$ 2.500 em diversas lojas físicas e online.

Pelo o que ele oferece, o preço é meio alto. Um iPhone 6s, um modelo bem similar internamente e com tela maior e design mais moderno, pode ser encontrado por cerca de R$ 1.700 atualmente, por exemplo.

Fora isso, há centenas de smartphones Android com especificações bem melhores e nessa faixa de preço. No geral, comprar o iPhone SE seria mais interessante se você o encontrasse por menos de mil reais.

7. O sucessor

 

Já faz algum tempo que se especulava que o possível sucessor do iPhone SE seria anunciado. O iPhone SE 2022, lançado em março deste ano, vem a tecnologia 5G como grande diferencial. Além do chip A15 Bionic que é igual ao  do iPhone 13 e garante maior desempenho e eficiência.

De acordo com a Apple, o avanço no iPhone SE é resultado desse novo processador. Com ele você será capaz de um processamento mais robusto das fotografias, e aprimoramento das imagens graças ao Smart HDR 4 e ao Deep Fusion.

O design permanece igual, com bordas grandes e com o Touch ID na tela para desbloqueio por biometria.

Tudo isso com valores de lançamento a partir de R$ 4.199,99.

Acha que vale comprar o iPhone SE?

Deu para aproveitar as nossas dicas para saber se realmente vale a pena comprar o iPhone SE em 2022? No geral, não é o melhor smartphone que se pode adquirir pelo seu preço e pode ser melhor dar uma olhada no seu sucessor.

É claro que se só quiser algo simples, pequeno e encontre o modelo por um preço mais em conta, pode ser um negócio interessante.


Por Equipe Apptuts
Seções:



Voltar ao topo