7 coisas para considerar antes de comprar um iPad
7 coisas para considerar antes de comprar um iPad
7 coisas para considerar antes de comprar um iPad

7 coisas para considerar antes de comprar um iPad


Comprar um iPad novo (até mesmo seu primeiro tablet da Apple) pode ser uma decisão bem difícil, especialmente com tantos modelos já disponíveis e aquela certeza de que um novo será lançado todo ano. Como nós já demos algumas dicas básicas para quem gosta de tablets Android, não tínhamos como esquecer de quem prefere os tablets da Apple.


É claro que como existem centenas de tablets diferentes com Android e apenas alguns modelos de iPad a se escolher, nossas dicas serão bem mais diretas e objetivas, contando com basicamente as coisas que você realmente precisa considerar antes de comprar um Ipad. Confira!

1. Está na hora de trocar de modelo?

teclado de ipad

Se você já tem um iPad em mãos e gosta do sistema, é natural querer continuar na linha dos tablets da Apple no futuro, mas às vezes pode ser bem difícil de saber quando é hora de trocar de modelo. Em geral, os produtos da Apple tendem a durar um bom tempo, mas também podem ficar lentos com versões mais novas do sistema iOS e travar com aplicativos mais recentes e que exigem mais do que os dispositivos podem oferecer.

Se esses problemas começarem a aparecer com frequência ou começarem a realmente atrapalhar seu uso no dia a dia, talvez seja realmente a hora de pensar em trocar de dispositivo. Caso contrário, o melhor é aproveitar tudo o que o seu iPad atual tenha a oferecer, fazendo seu investimento realmente valer a pena.

2. Quando de espaço de armazenamento é suficiente?

que ipad comprar

Os iPads geralmente podem ser encontrados com 16 GB, 32 GB e 64 GB (sendo que alguns modelos mais novos chegaram a ter até 128 GB) de espaço interno. Como bem sabemos, nem o iPhone ou iPad aceitam cartões SD, então você vai ter que se contentar com o espaço que já vier no seu tablet.

Antigamente, isso era uma preocupação para quem tinha muitos arquivos e músicas, mas com serviços como Spotify e Dropbox para facilitar nossa vida, o espaço acaba ficando mais para a instalação de apps e armazenamento de arquivos que você realmente precise ter sempre no seu dispositivo.

Geralmente, os tablets de 16 GB já são mais que suficientes (e bem mais baratos) para as pessoas, mas se você realmente achar que vai precisar de um pouco mais, os de 32 GB pode valer a pena.

Leia também: 12 melhores apps de leitura para tablets Android e iPad

3. Vale esperar um modelo novo?

comprar um ipad

Já é quase tradição ver a Apple anunciando e lançando novos modelos de iPhone e iPad perto do fim do ano e considerando que a empresa participará de um evento grande em setembro deste ano, é bem possível que vejamos um novo tablet.

Mesmo que não seja o caso, esta dica serve para casos futuros também, já que de um jeito ou de outro, novos iPads serão lançados. O problema é que nunca dá para ter certeza que isso vale a pena, já modelos novos sempre podem ser problemáticos no início ou até serem uma decepção.

Um caso bem recente que serve de exemplo foi o Ipad Mini 3, que é completamente idêntico ao iPad Mini 2 e só apresentou o recurso Touch ID como novidade, o que decepcionou todos os fãs da Apple. Por isso, pense bem e sempre considere um modelo já consolidado no mercado e com boas especificações antes de esperar algo que ainda nem foi anunciado.

Leia também: Dicas e truques para poupar a bateria do seu iPhone ou iPad

4. O iPad é o tablet certo para você?

modelos de ipad

Esta é outra grande dúvida de quem nunca teve um tablet ou que só teve dispositivos Android. Infelizmente, essa é uma questão muito difícil de analisar, já que é muito pessoal. Um dos grandes problemas é que não adianta só citar as grandes diferenças entre os sistemas Android e o iOS para deixar claro qual se encaixa melhor para você.

Essas coisas só são perceptíveis no uso do dia a dia, significando que na teoria, um iPad pode parecer perfeito para alguém, mas na prática a pessoa acaba descobrindo que não se dá muito bem com a interface, sente falta de certos recursos ou simplesmente não gosta do iPad em si.

O que se pode recomendar é que você leia bastante sobre os modelos de iPad e o que eles oferecem ou não em relação ao Android. Se puder, também visite uma loja de eletrônicos para testar um pouco dos iPads disponíveis para saber se gosta deles e de suas funções.

5. 3G é necessário?

trocar de ipad

Conexões 3G geralmente aumentam muito o preço de tablets, incluindo os Ipads. Por isso, é bem importante analisar se você realmente vai usar ou precisará de uma conexão constante à internet, principalmente fora de casa ou em lugares sem redes Wi-Fi que possa usar.

Isso varia muito do uso de cada um, mas com Wi-Fi gratuito cada vez mais presente em restaurantes, escolas e até no transporte público, fica meio difícil de justificar o uso do 3G o suficiente para pagar bem mais caro por ele. Então, analise bem e veja se é algo que compensa na sua rotina.

6. Como você irá usá-lo?

ipad mini ou ipad air

É bem importante analisar como você pretende usar o iPad no seu dia a dia para ter uma noção do que realmente irá precisar no dispositivo: seja uma tela maior, mais capacidade de armazenamento ou uma constante conexão à internet.

Modelos maiores são bons para quem quer aproveitar filmes em alta qualidade ou para que precisa escrever bastante (já que teclados específicos de modelos menores podem ser bem desconfortáveis) no dia a dia, enquanto os menores são perfeitos para quem quer mobilidade em casa, na escola e no trabalho.

Outro ponto importante é saber se você o usará para atividades mais pesadas e que exijam um processador mais potente ou se dará um uso mais casual ao aparelho. Com esses pequenos detalhes em mente, você tem mais chances de comprar o iPad perfeito e que se encaixa direitinho no que você realmente precisa.

Confira: Como usar o teclado do Mac no iPhone ou no iPad

7. Ipad Air ou Mini?

qual ipad escolher

Agora que você já deve estar com uma noção melhor do que precisa de um iPad, fica a pergunta:  Que modelo escolher? Atualmente, os os modelos vendidos pela Apple (e por diversas lojas de eletrônicos)  são o iPad Air e iPad Mini, cada um com suas próprias características.

A maior parte dessas diferenças está no tamanho do aparelho, resolução da tela e capacidade de processamento dos tablets, fatores bem importantes a se considerar dependendo de como você planeja usar o dispositivo.

O iPad Air tem uma tela retina de 9,7 polegas, é muito fino (com 7,5 mm de espessura) e pesa pouco menos de meio quilo. Ele tem um processador bem rápido e uma bateria decente, que pode durar até 10 horas com uso casual. Já o iPad Air 2 tem a mesma tela, mas um processador mais rápido e potente, além de ser extremamente fino (com apenas 6,1 mm de espessura).

O iPad Mini é a versão compacta dos tablets da Apple e já conta com 3 versões de modelos. A primeira versão apresenta uma tela de 7,9 polegadas, um design um pouco mais fino que o primeiro iPad Air (com 7,2 mm de espessura) e um processador um pouco mais lento. Já o iPad 2 é uma atualização e tanto, contando uma tela retina com a mesma resolução do iPad Air, só que ainda com 7,9 polegadas, significando que tudo fica ainda mais detalhado e bonito nele!

O processador também é o mesmo do primeiro iPad Air, dando uma opção fantástica a quem prefere tablets mais portáteis. Como dissemos, o iPad Mini 3 é praticamente idêntico ao seu antecessor, então não adianta repetir as especificações.

Com tudo isso em mente, deve ficar bem mais fácil de analisar e escolher o iPad que realmente combina com você e sua rotina. Ainda assim, caso surjam mais dúvidas sobre os tablets da Apple, basta falar conosco nos comentários!


Por Equipe Apptuts
Seções:



Voltar ao topo