Como trabalhar com inteligência artificial? 9 áreas onde pode atuar

  • Por Pedro Bala
  • 20/03/2023 às 21:20 atualizado em (04/04/2023 às 14:00)
  • 13min de leitura


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O setor de tecnologia tem experimentado um crescimento significativo nos últimos anos e é, sem dúvida, um dos campos mais aquecidos da economia atualmente. Além disso, é também o setor que oferece o maior número de vagas para profissionais bem qualificados. Com o advento da inteligência artificial, novas oportunidades para trabalhar estão surgindo a cada dia. 

Sendo um setor em franca expansão, a inteligência artificial demanda um grande número de profissionais altamente qualificados, entre eles, engenheiros de software, cientistas de dados, até especialistas em aprendizado de máquina. Esses profissionais desempenham papéis fundamentais no desenvolvimento de soluções inovadoras de inteligência artificial.

Se você é apaixonado por tecnologia e deseja cursar uma faculdade para se capacitar e trabalhar com inteligência artificial, este artigo é para você! Aqui, você encontrará todas as informações sobre o que é preciso estudar para ingressar nesse segmento em constante expansão.

Como trabalhar com inteligência artificial? O que preciso fazer?

O campo da inteligência artificial é gigantesco e exige profissionais com formação em diferentes áreas, que possuam habilidades técnicas e conhecimentos específicos para atuar nessa área da tecnologia.

Para se tornar um profissional qualificado em inteligência artificial, é necessário ter curiosidade e disposição para estudar, além de buscar especialização em uma ou mais áreas do conhecimento das ciências da computação, como programação, matemática e estatística, banco de dados, entre outras especializações.

Além disso, é fundamental que esses profissionais possuam conhecimento aprofundado em algoritmos de aprendizado de máquina, redes neurais e sistemas de processamento de linguagem natural, entre outras disciplinas que podem ser altamente avançadas.

Se você se interessa por essa área de programação, não deixe de ler também esse artigo sobre os melhores cursos de programação online.

O que estudar para se qualificar em inteligência artificial?

Para quem busca se tornar um profissional de inteligência artificial, o mercado oferece diversas opções de cursos que podem ajudar a adquirir as habilidades necessárias para ingressar nessa área de IA. Entre as opções disponíveis, destacam-se as graduações em Ciência da Computação, Engenharia de Software e Matemática.

A graduação em Ciência da Computação é a base para qualquer profissional de inteligência artificial. O curso abrange áreas como programação, algoritmos, estruturas de dados, sistemas operacionais, arquitetura de computadores e inteligência artificial.

Já a Engenharia de Software é voltada para o desenvolvimento de sistemas e aplicativos. O curso abrange áreas como programação, engenharia de software, análise de requisitos, testes de software e gerenciamento de projetos.

Veja agora quais são as principais graduações exigidas pelas empresas quando contratam um profissional para essa área. Estudando qualquer uma delas você pode se qualificar para desenvolver, por exemplo, ferramentas para criar imagens com inteligência artificial.

Ciências da Computação

Ciências da Computação

O curso de Ciências da Computação é uma graduação que prepara os estudantes para trabalhar na área de tecnologia da informação, desenvolvendo soluções de software e sistemas de computação para diversas ferramentas e aplicações.

Os profissionais formados em Ciência da Computação são capacitados para trabalhar nas áreas de desenvolvimento de software até a gestão de projetos de TI. Eles podem atuar em empresas de tecnologia, startups e instituições financeiras.

Além disso, a ciência da computação é uma área que tem acompanhando o desenvolvimento acelerado da tecnologia e a transformação digital em diversos setores da economia. Por essa razão, profissionais com formação em ciência da computação são altamente valorizados pelo mercado de trabalho, com assiste uma crescente demanda por especialistas em inteligência artificial.

Engenharia da Computação

No curso de Engenharia da Computação, os estudantes adquirem conhecimentos para projetar, desenvolver, implementar e fazer a manutenção de sistemas. O curso possui uma sólida base em matemática, sendo importante que os estudantes tenham afinidade com essa disciplina se quiserem progredir nessa área.

Além disso, os estudantes também aprendem sobre física, eletrônica, programação, arquitetura de computadores, redes, sistemas operacionais, microprocessadores, entre outros conhecimentos específicos.

Vale ressaltar que o curso de Engenharia da Computação vai além da teoria, oferecendo aos estudantes a oportunidade de colocar em prática o que aprenderam por meio de atividades e projetos que simulam desafios do mundo real. Além disso, o curso incentiva que seus alunos busquem algum estágio em empresas de tecnologia enquanto concluem sua graduação.

Engenharia de Software

Na Engenharia de Software, os estudantes aprendem a aplicar princípios de engenharia no desenvolvimento de softwares. O curso aborda tanto a teoria quanto a parte prática no processo de criação de um software, desde a fase de concepção até a finalização do produto final.

Na Engenharia de Software os estudantes terão contato com disciplinas variadas como modelagem de sistemas, programação, gerenciamento de projetos, desenvolvimento de interfaces de usuário, arquitetura de software, engenharia de componentes, entre outros conhecimentos avançados.

O engenheiro de software é o profissional habilitado a lidar com todas as partes do desenvolvimento de um software. Para ter sucesso nessa área, é necessário possuir uma série de qualidades extras, como saber trabalhar em equipe, ter uma comunicação objetiva e clara, e ser capaz de solucionar problemas complexos com agilidade.

Com essa formação você ficará habilitado para trabalhar com os mais variados tipos de inteligência artificial.

Matemática e Estatística

Em um curso de Matemática e Estatística, os estudantes aprendem tudo sobre os fundamentos da matemática, desde sua história até os conceitos abstratos. O aluno estudará disciplinas como teoria dos números, álgebra, cálculo, geometria, probabilidade e estatística. Além disso, os estudantes também serão capacitados a utilizar ferramentas como calculadoras avançadas, softwares estatísticos e linguagens de programação.

É importante dizer que o curso de Matemática e Estatística é uma graduação que requer dedicação, gosto pelo estudo de exatas e interesse genuíno pela área. É fundamental que o estudante já tenha alguma afinidade com a matemática e demonstre um bom raciocínio lógico e habilidades analíticas.

Banco de Dados

Com a importância cada vez maior dos dados na era digital, a graduação em Banco de Dados oferece aos estudantes um conjunto de habilidades essenciais para trabalhar com sistemas de bancos de dados.

No campo da tecnologia da informação, esses sistemas são fundamentais para a gestão de informações em empresas, organizações e governos, fornecendo um meio eficiente e seguro de armazenar, gerenciar e acessar dados críticos.

Ao estudar Banco de Dados, os alunos são expostos a uma variedade de disciplinas que incluem, por exemplo, a modelagem de dados, que envolve a criação de representações visuais de estruturas de banco de dados; a linguagem SQL, que é uma das principais ferramentas para trabalhar com bancos de dados.

Além disso, existem outras disciplinas importantes nessa graduação, incluindo a otimização de consultas, a administração de sistemas e a segurança e privacidade de dados.

Segurança da Informação

O curso de Segurança da Informação é disponibilizado por várias instituições de ensino no Brasil, em modalidades presencial e a distância. Em geral, o curso é considerado técnico e tem duração de dois anos, embora haja variação ne prazo conforme a instituição de ensino, podendo chegar a até 4 anos.

As disciplinas lecionadas durante o curso abrangem diversas áreas das ciências da computação, como programação e bancos de dados. O curso também aborda assuntos ainda mais específicos, como criptografia, tecnologia blockchain, gerenciamento de riscos e compliance.

O especialista em Segurança da Informação é quem gerencia a proteção e segurança de dados em redes de computadores instaladas dentro empresas, por exemplo. Seu trabalho consiste em evitar acessos não autorizados, roubo de informações, fraudes, entre outros crimes virtuais.

Existem cursos gratuitos de inteligência artificial

Existem cursos gratuitos de inteligência artificial?

Quando se pensa em como trabalhar com inteligência artificial, uma das perguntas que vêm à nossa mente é: será que existem cursos gratuitos? Atualmente, existem diversas opções de cursos gratuitos disponíveis para capacitação na área de inteligência artificial. O Google, por exemplo, oferece uma ampla variedade de cursos gratuitos voltados para o aprendizado de máquina. Estes cursos abrangem desde os conceitos básicos até os mais avançados. Quem sabe você não criará o próximo ChatGPT a partir de um curso destes? 

A gigante da tecnologia de buscas lançou um site educacional exclusivamente para os interessados em aprender e se preparar para o mercado profissional do setor de inteligência artificial. Os conteúdos mais básicos são mais amigáveis para quem está começando, com exercícios simples sobre aprendizado de máquina.

Outra opção interessante são os cursos gratuitos da Udemy. Entre os mais acessados estão os cursos de fundamentos da inteligência artificial, lógica de programação, banco de dados, introdução aos algoritmos, além de muitos outros.

A escola online IDP oferece um curso gratuito de introdução a inteligência artificial. O minicurso tem como objetivo ensinar, de forma simples e didática, como a inteligência artificial aprende através da detecção de padrões. O curso também ensina a melhor maneira de encontrar a ferramenta ideal de inteligência artificial para cada situação.

Contudo, para quem fala inglês fluentemente há um leque maior de opções na internet. Entre elas, vale divulgar os cursos gratuitos sobre IA do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), uma das mais conceituadas instituições de ensino superior do mundo.

Quanto ganha um profissional de inteligência artificial?

Os profissionais que atuam na área de inteligência artificial podem ter remunerações bastante diversas, porém, dentro do campo das ciências da computação, essa área é considerada uma das mais bem pagas.

Outro fator que pode influenciar o valor dos salários dos profissionais de inteligência artificial inclui o nível de experiência acadêmica e prática. Profissionais com mais experiência e habilidades avançadas nesta área, geralmente recebem salários mais altos do que aqueles que estão no início da carreira.

Além disso, o tamanho da empresa também pode desempenhar um papel importante nos salários. Empresas maiores e mais estabelecidas geralmente oferecem remunerações mais competitivas e benefícios adicionais, como planos de saúde e programas de desenvolvimento profissional. Veja abaixo quanto recebem por mês os principais profissionais desta área.

Engenheiro da Computação

Na atualidade, o salário inicial de um engenheiro de computação é de R$ 4.300,00. Conforme ele avança na carreira, pode alcançar uma remuneração de até R$ 8.100,00. Dessa forma, a média salarial para esse profissional no Brasil é de R$ 6.600,00.

Engenheiro de Software

No cargo de Engenheiro de Software, o profissional ganha um salário inicial é de R$ 4.400,00, podendo chegar a R$ 8.600,00 ao longo da carreira. Em média, o salário para essa posição no Brasil é de R$ 6.300,00.

Matemático

A remuneração inicial para um profissional na área de matemática é de R$ 7.700,00. Com a experiência, esse profissional pode chegar a ganhar R$ 10.500,00. O salário médio de um matemático no Brasil é de R$ 9.100,00.

Estatístico

Já trabalhando no cargo de Estatístico, o salário inicial é de R$ 3.400,00 e pode chegar a R$ 7.100,00 durante a trajetória profissional. Em média, o salário para esse profissional no Brasil é de R$ 5.200,00.

Especialista em Banco de dados

O salário inicial de um especialista em dados é de R$ 5.900,00. No entanto, com o tempo ele pode chegar a ganhar R$ 11.000. Assim, a média salarial para esse profissional no Brasil é de R$ 8.500,00.

Áreas mais bem pagas de inteligência artificial

Dentro do mercado de trabalho, há uma grande demanda por profissionais que saibam atuar na área de inteligência artificial, com diversas vagas disponíveis em empresas que desenvolvem soluções de IA. Abaixo, apresentamos alguns dos principais cargos para profissionais nesse setor:

Gerente de projetos

É o responsável por liderar e supervisionar projetos relacionados à implementação de sistemas de IA em uma organização. Seu papel envolve várias tarefas, incluindo o gerenciamento do escopo do projeto, seu orçamento e a coordenação da equipe de trabalho.

Cientista de dados

É o profissional que coleta, analisa e interpreta grandes conjuntos de dados com o objetivo de obter informações que ajudem na tomada de decisões. Algumas das principais atividades realizadas por um cientista de dados incluem a análise e coleta de dados, a modelagem de dados, entre outras atribuições.

Especialista em robótica

É um profissional que precisa ter habilidades em engenharia mecânica, eletrônica e computação avançada. Em seu trabalho diário, ele vai desenvolver e implementar robôs e sistemas robóticos em indústrias, principalmente.

Engenheiro de aprendizado de máquina

Esse profissional é o responsável por trabalhar no desenvolvimento de sistemas e algoritmos de aprendizado de máquina. Suas principais atividades incluem o desenvolvimento de algoritmos, treinamento de máquinas e implantação de modelos.

Especialista em processamento de linguagem natural

Esse especialista trabalha com o desenvolvimento de algoritmos que permitem que os computadores entendam e processem a linguagem natural dos seres humanos. Entre suas atividades diárias estão o processamento de texto e voz, além dos treinamento e implantação de modelos de processamento de linguagem natural.

Arquiteto de dados

Esse profissional trabalha com o desenvolvimento, implementação e manutenção de sistemas de gerenciamento de dados em uma organização. Entre suas atribuições estão a criação de projetos, a implementação de soluções, além da gestão e manutenção de dados.

Desenvolvedor de software

É quem trabalha no desenvolvimento de softwares novos baseados em inteligência artificial. Esse profissional é responsável por várias tarefas, entre ela o desenvolvimento de algoritmos de IA. Além disso, ele é o responsável em monitorar e fazer a manutenção desses sistemas.

Analista de segurança

Esse é o especialista habilitado para identificar riscos de segurança e ameaças potenciais relacionadas à sistemas de inteligência artificial. É ele quem vai desenvolver estratégias de segurança e realizar testes no campo da segurança em novos aplicativos ou ferramentas de IA antes que sejam lançadas para o público.

Analista de negócios

É ele quem identifica e implementa soluções de inteligência artificial que melhoram os processos de negócios e empresas. Especificamente, suas principais funções podem incluir a identificação de oportunidades de negócios, identificar padrões e insights do mercado e avaliar o impacto das soluções de IA no dia a dia das pessoas.

Mais esclarecido sobre como trabalhar com inteligência artificial? Existem muitas oportunidades de trabalho disponíveis para aqueles que se especializam em inteligência artificial. Com dedicação e estudo, é possível adquirir as habilidades necessárias para ingressar nessa área em crescente expansão no mercado de tecnologia.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});