Como os celulares estão sendo usados hoje em Portugal?
Como os celulares estão sendo usados hoje em Portugal?
Como os celulares estão sendo usados hoje em Portugal?

Como os celulares estão sendo usados hoje em Portugal?



O celular nasceu com um objetivo claro e simples: fazer ligações sem estar preso a um fio. Em essência, comunicação em movimento. Logo começou a ganhar upgrades, como enviar mensagens de texto, tirar fotos, alguns jogos, entre eles o clássico Snake.

Hoje, sua principal função – fazer ligações – deixou de ser a principal característica na hora de escolher um novo modelo de celular. Na verdade, não chega nem perto disso.

A história dos celulares em Portugal começou em 1991, com a fundação da TMN. Porém, foi em 1993 que ocorreram fatos fundamentais para a popularização dos aparelhos em solo nacional, primeiramente, com o lançamento do Ericsson GH172, conhecido como “o primeiro telefone verdadeiramente portátil”, e a chegada ao mercado de celulares com preços acessíveis para o público.

Nos últimos 31 anos houve uma verdadeira revolução no conceito e nas funcionalidades dos telefones celulares, que passaram a ser smartphones, e, mais do que o nome, também adquiriram novos recursos que levaram a uma semelhança cada vez maior com os computadores domésticos. O acesso à internet abriu um campo infinito de possibilidades, e as empresas souberam aproveitar o momento.

Os telefones celulares são um item extremamente comum hoje em dia, e dois estudos da Marktest comprovam a popularidade e necessidade que as pessoas empenham aos mesmos. O primeiro estudo contou com mais de nove milhões de utilizadores de celulares em Portugal, número que representa cerca de 96,5% da população.

E obviamente, quando o assunto é a categoria de celulares, fica evidente a preferência do modelo, pois quase 90% ​​dos modelos utilizados são smartphones.

Quais são os principais usos que dão aos telefones celulares em Portugal?

Afinal, o aparelho já é uma extensão do nosso corpo, e sua gama de recursos oferece diversos benefícios no dia a dia. Fazer ligações telefônicas é o mínimo, através da telinha do celular um novo mundo de possibilidades se abre.

O uso de um telefone celular está intimamente ligado à conexão com a Internet hoje. Dados divulgados pela Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) comprovam que 75% dos portugueses acessam a Internet através do smartphone, número que comprova a tendência de crescimento da parcela da população que utiliza um dispositivo móvel para se conectar.

Uma vez no mundo virtual, a grande utilização do “telemóvel”está relacionada com as redes sociais, um estudo da Marktet revela que 92% dos inquiridos em Portugal utilizam o celular para aceder às redes sociais. Estar a par das notícias de amigos, familiares, influenciadores favoritos e também de algumas novidades faz do ambiente de comunidades virtuais o meio preferido dos usuários.

Outro uso relacionado ao entretenimento são os videogames para dispositivos móveis. A possibilidade de transformar o celular em um console atrai uma grande quantidade de usuários, afinal, ter seu videogame favorito na palma da mão é um luxo.

Os celulares gamers são um segmento do mercado dedicado exclusivamente a aparelhos com ótimo desempenho no processamento dos videogames mais exigentes. Na lista dos videogames mais quentes estão Call of Duty: Mobile, Free Fire, Pokemon United, Plants Vs Zombies, eFootball PES 2021 e Candy Crush Soda Saga.

Falando em jogos clássicos como Candy Crush, há espaço para jogos de cassino como blackjack, roleta e caça-níqueis, oferecidos por plataformas como PokerStars Casino, e para os fãs de jogos mentais, existem sites, como o Chess.com, que disponibilizam jogos de xadrez em tempo real, contra adversários reais, e até campeonatos online.

Nos últimos anos, fazer uma chamada de voz pelo celular quase caiu em desuso para alguns. Mensagens de texto e mensagens de voz estão no topo da comunicação do smartphone.

No entanto, o contexto dos últimos dois anos levou a um crescimento inimaginável de minutos em ligações telefônicas. Os dados divulgados pela Anacom comprovam-no: os portugueses nunca passaram tanto tempo ao celular. Em média, eram 3 horas e 43 minutos de conversa por mês. Com isso, a função principal ganha destaque e o celular fica mais uma vez próximo ao ouvido e não apenas na palma da mão.

Como toda ferramenta nascida do avanço da tecnologia, o celular ganhou uma infinidade de melhorias e novas funções, o que o fez ganhar um papel fundamental na vida moderna. A multiplicidade de atividades que podemos realizar com um dispositivo que cabe no bolso tem sido fundamental para elevar o celular a um equipamento fundamental em um mundo conectado e em constante movimento.

Hoje em dia, ter um smartphone é levar um PC no bolso e poder fazer tudo, trabalhar, estudar e se divertir. Basta uma série de ações na tela sensível ao toque.


Por Equipe Apptuts
Seções:



Voltar ao topo