15 Curiosidades do Vale do Silício
15 Curiosidades do Vale do Silício
15 Curiosidades do Vale do Silício

15 Curiosidades do Vale do Silício


Se você tem interesse pelo mundo da tecnologia com certeza já ouviu falar da região do Vale do Silício.


Esse nome se tornou muito popular a partir do final dos anos 1990, após a popularização de empresas ligadas a tecnologia e a internet, como a Google e Apple, por exemplo

Hoje, a região é um terreno fértil para investidores, empreendedores e pesquisadores pelo fato das maiores empresas do mundo terem instalações por lá.

Ficou curioso pra saber um pouco mais? Confira 15 curiosidades sobre o Vale do Silício.

 

Leia também: Steve Jobs: 66 curiosidades sobre o empreendedor

 

1. Como tudo começou…

O Vale é localizado na região sul de São Francisco, na Califórnia. A região possui um conglomerado de 30 cidades e as mais famosas são: Cupertino, Mountain View, San Jose e Pallo Alto. 


Antes de se tornar o polo tecnológico que é hoje, a área da Baía de São Francisco foi, por muito tempo, uma terra habitada por indústrias agrícolas e de conservas.

Mas na durante a Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos começaram a investir em centros de pesquisas e tecnologia para fins navais e o Vale do Silício foi um dos lugares escolhidos.

Com isso, muitos cientistas e pesquisadores encontraram trabalho na região. Houve também a criação de políticas de incentivo ao setor privado, e isso fez com que várias indústrias surgissem nos arredores de São Francisco.

 

2. O início das Bigs Techs

Foi no início dos anos de 1940, surgiram empresas como a HP (Hewlett-Packard), que inicialmente fabricavam tecnologia para radar e artilharia.

Logo após, William Shockley, um físico premiado, fundou sua empresa, que fabricava transistores de silício, material também usado para fabricação de processadores para computadores que, nessa época eram usados somente para fins de guerra.

No final dos anos de 1960, a principal Universidade da região, a Universidade Stanford se junta ao governo para desenvolver o que viria a ser a internet.

Diante da fama que já região tinha, em 1971, um jornalista se referiu a ela como Vale do Silício, que até hoje não é um nome ‘oficial’, mas foi como ficou conhecido.

Empresas como Atari, Apple e Oracle foram fundadas na década de 1970. A partir da década de 1980 houve uma grande expansão industrial e na década seguinte empresas como eBay, Yahoo, PayPal e Google vieram a existir.

Como já é conhecido do grande público, a partir dos anos 2000 veio a era das mais recentes grandes empresas de tecnologia do mundo, como Facebook, Twitter, Uber e Tesla.

Atualmente, a região do Vale do Silício é berço de várias startups e é comum encontrar congressos, convenções, workshops, e eventos que atraem um número expressivo de empreendedores e investidores para a região.

 

3. As famosas fundações em garagens

É muito comum assistir documentários e filmes que contam a história das Big Techs e encontrar semelhanças em seus inícios.

Uma das semelhanças mais comuns é o fato de começarem em garagens, que é um fato que causa inspiração para muitos empreendedores que sonham em alcançar o sucesso.

Os irmãos Bill Hewlett e Dave Packard foram os primeiros e fundaram a HP em uma garagem em Pallo Alto. Outros exemplos que seguem a HP, são: Apple, Google

Garagem Vale do Silício

 

4. A famosa Universidade de Stanford

Sim, é no Vale do Silício, mais especificamente em Pallo Alto, que está localizada a famosa Universidade de Stanford e é seguro dizer que não haveria Vale do Silício como o conhecemos hoje.

Além de Stanford, a região possui mais 4 universidades, são elas: Northwestern Polytechnic University, a Carnegie Mellon University, a San Jose State University e a Santa Clara University.

Um fato notável é que muitos dos seus alunos já receberam prêmio Nobel, além de ter formado alguns dos nomes da tecnologia que ficaram conhecidos por suas empresas, como é o caso de Larry Page e Sergey Brin, fundadores do Google.

Stanford

 

5. A força econômica do Vale do Silício

Com tantas Big Techs residindo na mesma região, é possível imaginar o quão poderosa é a economia nessa região é. Seu lucro anual gira em torno de US$ 250 bilhões.

Se somarmos o valor de empresas como Google, Apple, Facebook, Netfilx Tesla e outras, que têm suas sedes na região, chegaremos ao valor exorbitante de aproximadamente US$ 3 trilhões, fazendo com que o Vale do Silício seja o lugar economicamente mais valioso do mundo.  

Sem a menor dúvida, podemos concluir que se os Estados Unidos consegue se manter como uma super potência econômica mundial é porque o Vale do Silício é um grande responsável por isso.

força economica Vale do Silício

 

5. Os salários mais desejados

No quesito de salário, a média anual de remuneração do Vale do Silício é US$ 122 mil dólares e que pode chegar a US$ 174 mil, ou seja, mais de 72 mil reais por mês na cotação atual.

 

6. Mercado imobiliário milionário

Como se pode imaginar, o mercado imobiliário se beneficia muito de tudo isso. Só pra se ter uma ideia, uma casa com 4 quartos no Pallo Alto, chega a custar cerca de US$ 2,8 milhões de dólares, já um acre (lote de terra vago) pode ser encontrado por US$ 15 milhões.

 

7. O “Vale da Morte”

No ano de 1985, a HP ainda liderava o Vale do Silício. Havia pânico na população em relação à substituição de empregos por conta da chegada do computador pessoal no mercado. Por conta disso, recebeu o apelido de “Vale da Morte”.

Hoje em dia, sabemos que, embora os computadores tenham processos automatizados, ainda é necessário alguém para operar e fornecer ainda mais eficiência.

Mas na época, muitas pessoas estavam enlouqueceram com essas “máquinas” e com a preocupação de a interação humana se tornar obsoleta.

 

8. Quais empresas estão no Vale do Silício?

O Vale do Silício se tornou abrigo de empresas mais conhecidas do mundo da tecnologia. Nem todas elas nasceram lá, algumas instalaram filiais e outras preferirem migrar por completo.

Incentivadas pelo ambiente inovador e empreendedor, dia após dia novas empresas surgem e se instalam na região, com o intuito de acelerar o crescimento dos seus negócios.

Destacando alguns dos diversos ramos de tecnologia e suas respectivas empresas presentes na região, temos:

 

  • Produtos eletrônicos
    1. Apple
    2. Samsung
    3. Microsoft
    4. Intel
    5. HP (Hewlett-Packard)
    6. Sony
    7. Canon
    8. Nokia
    9. Mitsubishi
    10. IBM
    11. Panasonic
    12. Dell
    13. NVidia
    14. Tesla

 

  • Softwares
    1. Google
    2. Mozilla
    3. Yahoo
    4. Adobe
    5. Evernote
    6. Groupon

 

  • Redes Sociais
    1. Facebook
    2. Twitter
    3. Linkedln
    4. WhatsApp

 

  • Jogos eletrônicos
    1. Atari
    2. Electronic Arts

 

  • Comércio eletrônico
    1. Amazon
    2. eBay
    3. PayPal

 

  • Entretenimento
    1. Netflix
    2. Pixar

 

Essas são umas das mais conhecidas empresas que residem no Vale do Silício e que, consequentemente, possuem grande importância no desenvolvimento e na criação de novas tecnologias no dias atuais.

Podemos concluir, que qualquer das empresas das grandes empresas de tecnologia que venham a nossa mente, vão possuir instalar na região.

 

9. Morando em Motorhome

Com os preços exorbitantes do mercado imobiliário, os engenheiros e programadores recém-chegados do Vale do Silício, precisam acabar optando por morarem em motor homes ou vans.

Esse é um hábito comum em algumas regiões rurais dos Estados Unidos e também de americanos que buscam um estilo de vida mais despojado.

O único problema é que as empresas têm uma regra: não é permitido estacionar os motor homes no estacionamento da empresa.

 

10. ‘Vales’ do Silício em todo o mundo

O centro tecnológico do Vale do Silício se tornou tão emblemático que começou a se tornar modelo para a criação ou nomeação de centro tecnológicos já existentes.

Portanto, vários países já adotaram o “Silício” como nomenclatura para se referir aos seus centros tecnológicos,

No Brasil temos o “Vale do Silício Brasileiro”, que é o grupo de regiões que possuí um polo industrial e tecnológico, elas são:

  • Polo Tecnológico de Campinas, em Campinas (SP);
  • Porto Digital, no Recife (PE);
  • Vale da Eletrônica, em Santa Rita do Sapucaí (MG);
  • San Pedro Valley, em Belo Horizonte (MG);
  • Tecnopuc, em Porto Alegre (RS);
  • Parque Tecnológico de São José dos Campos, em São José dos Campos (SP);
  • Parque Tecnológico do Rio, no Rio de Janeiro (RJ);
  • Sapiens Parque, em Florianópolis (SC).

No restante do mundo, temos:

  • Cidade do Silício”, na Índia
  • Silicon Wadi”, em Israel
  • Vale do Silício do Norte” e o “ Vinhedo do Silício”, no Canadá
  • Paraíso do Silício”, na Costa Rica
  • Vale do Silício mexicano” ou “ Vale do Silício do Sul”, no México.
  • Silicon Sloboda” e “Silicon Tiaga”, na Rússia
  • Golfo do Silício”, nas Filipinas
  • Ilhas do Silício”, no Japão
  • Vale do Silício de Taiwan”, na China
  • Vale do Silício da Indonésia”, na Indonésia
  • Oásis de Silício de Dubai”, em Dubai
  • Silicon Mallee“, “Silicon Beach” e “Silicon St.“, na Austrália
  • Silicon Welly”, na Nova Zelândia

Em toda a Europa e no Reino Unido temos

  • “Silicon Fen”
  • “Silicon Glen”
  • “Silicon Gorge”
  • “Silicon Corridor”
  • “Silicon Roundabout”
  • “Silicon Spa”
  • “Cwm Silicon”
  • “Silicon Alley”
  • “Silicon Beach”
  • “Silicon Canal”
  • “Silicon Dock”
  • “Silicon Forest”
  • “Silicon Mall”
  • “Silicon Pier”
  • “Silicon Spa”
  • “Silicon Walk”
  • “Silicon Sentier”
  • “Silicon Allee”
  • “Silicon Woods”
  • “Silicon Islands”
  • “Silicon Fjord”
  • ”Silicon Cape”
  • “Silicon Lagoon”
  • “Silicon Mountain”
  • “Silicon Savannah” 

Entre muitos outros.

 

11. Uma série sobre o Vale do Silício

Em 2014 a HBO estreou a série Silicon Valley. Uma sitcom que conta a história de uma empresa de tecnologia fundada por cinco programadores e engenheiros que buscam alcançar o sucesso da sua startup, a Pied Piper.

A série conta com uma ótima recepção do público e da crítica. Até Bill Gates já confirmou que gosta da série por ela ser um ótimo retrato da realidade do Vale do Silício.

A série conta com 6 temporadas, sendo a sexta temporada, sua última.

série

 

12. Muitos Robôs

Se for visitar o Vale do Silício e ver um robô circulando perto de você, não se assuste isso é comum. A propósito, você estará no maior centro de inovação e tecnologia do mundo.

Por lá, não é estranho estranho um robô entregar água, comida ou algum serviço de quarto enquanto estiver no seu hotel.

O mais popular, é o K5, um robô de segurança que foi criado pela Knightscope, uma empresa especializada em segurança avançada. O robô é para uso particular e pode ser visto em toda a região do Vale do Silício.

Pode ser encontrado em em shoppings, escritórios corporativos e etc. Ele possui sensores e câmeras para coletar dados, processar e notificar policiais, caso haja algum problema.

 

13. As polêmicas brigas de patentes

Um lugar repleto de grandes empresas tecnológicas e de grandes interesses monetários, o Vale do Silício é um cenário de constantes brigas por patentes de invenções tecnológicas.

O maior protagonista é, com certeza, o Google, que hoje disponibiliza mais de 30 serviços diferentes no mundo inteiro através de softwares, mas que já teve que enfrentar diversos processos.

Entre tempos e tempos, esses processos se transformam em filmes e séries. A produção mais recente e que tem ganhado notoriedade é a série “Batalha Bilionária: O Caso Google Earth”

A série conta a história do processo judicial dos criadores do Terravision (criado 1994) contra o Google Earth (criado em 2005), pela suposta quebra de patentes do Google com o Google Earth. A produção é da Netflix.

Uma pesquisa de 2013, revelou que o Vale do Silício possui o maior número de invenções de patentes e registros de descobertas, o que é óbvio observando a quantidade de empresas com cunho inovador presentes na região.

Somente em 2019, houveram pedidos de patente para 655 produtos diferentes no Vale do Silício.

 

14. Odontologia móvel

No Vale do Silício, existe um serviço de odontologia móvel, que é realizado através de caminhões. Eles param em empresas como a Airbnb e o Google para atender às necessidades odontológicas dos funcionários. O interessante é que eles fornecem fornecem limpeza completa e até raios-X.

Essa é uma característica que esta na cultura de inovação, eficiência e facilitação, presentes no Vale.

 

15. Ervas no Vale do Silício

No estado da Califórnia é legal e comum o uso de maconha. Por conta disso, existe um serviço de móvel de maconha, realizado por um caminhão de fast food.

Você pode encontrar os caminhões nas ruas e na portas das empresas em determinadas horas do dia.

É necessário ter prescrição médica para a compra, por tanto, existe um aplicativo que faz videoconferências com um médico que aprovará a receita.

Serie

 

Gostou de saber as curiosidades do Vale do Silício?

Conseguiu aproveitar nosso guia com as curiosidades sobre o Vale do Silício? Então, deixe um comentário nos contando o que você desse artigo e como conheceu o Vale do Silício.


Por Equipe Apptuts
Nenhum Comentário
Seções:



Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo