Como funciona um sistema de CRM?

  • Por Luciano Larrossa
  • 14/07/2020 às 13:18 atualizado em (09/02/2023 às 20:17)
  • 7min de leitura


A maioria dos empreendedores ou aqueles que pensam em lançar em próprio negócio já devem ter ouvido falar no tal CRM muitas vezes. Só que nem todos sabem exatamente como funciona um sistema de CRM, o que ele significa ou como pode ser usada em sua empresa.

Para acabar com as suas dúvidas, preparamos um guia bem completo explicando mais sobre como funciona um sistema de CRM. Caso se interesse pelo assunto, você pode conferir tudo em detalhes logo abaixo!

Dica: já sabe como funciona um sistema de CRM e está procurando por uma solução para a sua empresa? Então se cadastre no PipeDrive pelo nosso link e teste-o DE GRAÇA por 30 dias!

O que é CRM?

 

Acreditamos que é bem importante começar explicando o que é o CRM, especialmente para quem só ouviu falar do sistema e nem sabe direito do que se trata. Bom, a sigla em si significa “Customer Relationship Management”, ou seja, “Gestão de Relacionamento com o Cliente” em português.

No geral, é possível resumir dizendo que este é um tipo de sistema que você usa para pegar e organizar dados de seus clientes e sua empresa. É, basicamente, um banco de dados que armazena informações importantes como padrões comportamentais do cliente que se relacionam com a sua marca.

Com esses dados em mãos, você tem maneiras de aprimorar seu relacionamento com clientes, melhorar seus serviços e até preparar suas campanhas de marketing de forma mais eficiente.

Como funciona um sistema de CRM

com usar o crm

Com um conhecimento inicial que mencionamos acima, agora é hora de saber melhor como funciona um sistema de CRM. Conforme mencionamos, ele é usado para coletar os mais diversos tipos de dados, algo que fica disponível nesse sistema para todos os funcionários que precisarem.

Esse sistema pode, por exemplo, juntar informações sobre o perfil de seus clientes, seu hábitos de compra, se eles voltam a comprar, se tiveram problemas anteriormente, etc. Também é possível armazenar informações de suas atividades, seus contatos com a empresa e muito mais.

Além disso, o sistema ainda pode ser usado para conferir informações sobre suas vendas, quais produtos são mais procurados, quais produtos funcionam melhor com qual tipo de cliente e outros detalhes. Tudo isso pode ser usado a seu favor.

Benefícios do sistema de CRM

Entender o comportamento do cliente faz com que a empresa desenvolva estratégias efetivas para reduzir problemas que afetam o seu crescimento como, por exemplo, o churn (cancelamento em um período específico). Sendo assim, o CRM ajuda a empresa a focar no sucesso do cliente que se constrói a partir de uma boa experiência,

Dessa forma, fica mais fácil montar uma futura estratégia de marketing ou de aprimorar seus serviços com esses dados. O sistema de CRM ainda pode ajudar no suporte aos seus clientes. Para isso, ele capta informações sobre clientes, leads (pessoas que não são clientes, mas têm interesse na marca) e prospects (clientes em potencial). Com isso, a marca consegue melhorar o relacionamento com os seus clientes, além de captar as melhores oportunidades de negócio.

O legal é que é possível usar e implementar sistemas de CRM bem completos se você precisar. Algo capaz de conectar todos os seus funcionários nos dispositivos que usam, rastrear e gerenciar informações dos clientes, pegar automaticamente o e-mail deles e até dar recomendações de como lidar com esses clientes.

Mas, para isso, é importante que o sistema esteja conectado aos sistemas que a sua empresa já usa para puxar as informações da sua base de dados. Caso contrário, seria necessário fazer todos os cadastros de forma manual.

Sistemas de CRM para diferentes empresas

Tendo mencionado a possibilidade de usar sistemas de CRM mais completos, vale dizer que há opções diferentes para companhias de todos os tamanhos. Afinal, uma empresa iniciante e pequena muitas vezes não precisa das mesmas funções que uma empresa grande necessita do CRM.

O ideal é sempre procurar um serviço que se encaixe nas suas necessidades atuais. Melhor ainda se ela for se adequando de acordo com o crescimento da empresa, para que você não precise trocar de plataforma ou plano constantemente.

Principais tipos de CRM

Existem 4 principais tipos de CRM: analítico, colaborativo, operacional e estratégico. A seguir, vamos relembrar como funciona cada um deles, mas você queira se aprofundar no assunto, não deixe de conferir esse tutorial.

1. CRM Analítico

Esse é um modelo que está completamente voltado para a análise de dados. Por ele, é possível criar relatórios e gerar as informações sobre o comportamento dos clientes para desenhar as estratégias da marca.

2. CRM Colaborativo

O CRM colaborativo tem como objetivo juntar todas as áreas responsáveis pelo negócio (principalmente as áreas de marketing e vendas) para que possam se alinhar e trabalhar juntas na conversão dos clientes ou na melhoria da sua experiência com a marca.

3. CRM Operacional

Essa parte do sistema cuida de toda a rotina e organização da operação. É uma área que envolve os agentes de vendas e atendentes, que vão ter contato direto com os clientes e trazer dados sobre as suas interações e percepções.

4. CRM Estratégico

O CRM estratégico une as três áreas descritas anteriormente para desenhar um plano de ação completo e entregar o que os clientes efetivamente esperam.

Como implementar o sistema

como funciona um sistema de crm guia

Outro tópico muito importante na hora de aprender como funciona um sistema de CRM é saber que há diferentes meios de implementação. No geral, há dois meios que você pode considerar: local e na nuvem.

Cada meio de implementação tem suas vantagens e desvantagens. Cada uma também acaba sendo melhor para diferentes tipos de empresa. O resumo de cada uma pode ser visto logo abaixo:

1. CRM Local

Como o nome já deixa claro, o CRM local é a versão do sistema que é instalada no servidor ou no computador da empresa. A sua manutenção pode ser realizada por um profissional que entenda mais do assunto ou pela equipe de TI da empresa.

  • Vantagens: controle maior de seu servidor, pode funcionar de maneira off-line, apenas funcionários tem acesso aos dados;
  • Desvantagens: investimento inicial é alto, é necessário ter profissionais para lidar com o software, atualizações podem ser caras.

2. CRM na nuvem

O CRM na nuvem também não é um grande mistério. Ele funciona de forma online e geralmente não requer instalação, já que fica tudo em um site no qual você e seus funcionários podem fazer login e checar as informações.

Essa versão não precisa da manutenção, afinal tudo fica nas mãos dos desenvolvedores da companhia que fornece o sistema.

  • Vantagens: pode ser acessado a qualquer momento e local, possui atualizações automáticas, investimento inicial é baixo.
  • Desvantagens: depende do uso de internet, menor controle da plataforma em algumas situações

Gostou das dicas?

Deu para aproveitar o nosso guia para saber como funciona um sistema de CRM? Então não esqueça de compartilhar com seu time ou com seu gestor.

Se quiser aproveitar mais agora que sabe do CRM de Marketing, você pode testar o PipeDrive por 30 dias gratuitos. Essa é uma das melhores plataformas de CRM que pode encontrar, então basta acessar o link e conferir suas vantagens!


Categorias