Como os NFTs irão funcionar no Instagram
Como os NFTs irão funcionar no Instagram
Como os NFTs irão funcionar no Instagram

Como os NFTs irão funcionar no Instagram


Você já deve entender um pouco da plataforma, mas conhecer em detalhes como os NFTs vão funcionar dentro do Instagram é o que iremos abordar neste artigo.


Como os NFTs irão funcionar no Instagram?

O algoritmo da plataforma vem sendo desvendado, porém a cada momento aparecem nossas funcionalidades. Os últimos meses têm sido de intensas alterações e inclusões de opções para melhorar o engajamento nos Stories, Reels, Feed.

Contudo, desde maio de 2022 alguns usuários americanos selecionados pela plataforma deram início ao processo de compartilhamento nos seus feeds, Stories ou directs, de NFTs criadas e compradas no Instagram. 

Sim, com o boom recente da popularidade desses token não fungíveis, as redes sociais começaram a introduzi-los em suas plataformas.

O Twitter introduziu as NFTs como fotos de perfil hexagonais para usuários premium. O YouTube também cogita ajudar sua rede de criadores a gerar dinheiro adotando tecnologias Web3 e NFTs. 

Então a Meta anunciou que começará a testar as NFTs no Instagram e, posteriormente, em todas as demais plataformas da marca, como Facebook e WhatsApp, por exemplo. Tudo isso pensando em apresentar essa nova tecnologia a mais pessoas a expandir seu uso, através de uma maior acessibilidade.  

Embora pouco tenha sido anunciado sobre essa nova funcionalidade do Instagram, aqui está o que sabemos até agora.

Sobre o NFT 

Talvez você já esteja por dentro do universo NFT então sinta-se à vontade para pular esse trecho. Mas se gostaria de um entendimento rápido sobre essa tecnologia, nos acompanhe na breve descrição abaixo. 

NFT é a sigla de Non-Fungible Token ou seja, token não fungível quando traduzimos para o português. Eles podem ser ativos físicos e ativos digitais.

Um NFT é um ativo digital único que é gerenciado em uma blockchain ( algo bem semelhante à criptomoeda).  Basicamente qualquer coisa em um formato digital pode ser um NFT, como obras de arte, milhas aéreas, skins de videogames. 

E, ao possuir uma NFT original você passa a ter algo único, podendo ganhar dinheiro com elas. E é aí que entra o interesse do mercado. Por ser único e registrado, gera um sentimento de escassez, especulação e interesse que são os responsáveis pelos fenômenos em vendas.

Como irão funcionar os NFTs no Instagram?

Ainda não há muitas informações a respeito do funcionamento dos NFTs no Instagram, contudo o que se sabe é que haverá possibilidade de colecionadores publicarem seus itens no feed, stories e por mensagem – o direct.

Segundo informações da plataforma, haverá um botão de integração na tela de escolha do avatar, com carteiras digitais. 

As postagens das NFTs terão uma tag no canto esquerdo com o nome “Digital Collectible”, informando aos usuários que trata-se de uma NFT. 

NFTs no Instagram

Eles também brilharão, separando-os ainda mais das postagens regulares. 

Ao tocar na postagem, história ou mensagem, o usuário terá acesso a links que o levarão aos perfis do Instagram do proprietário e criador, bem como informações como o nome da peça e uma descrição do artista.

Clicando em Saiba mais você terá acesso às informações dos blockchains suportados pela plataforma, que inicialmente são Ethereum e Polygon. Mas a previsão é que outros sistemas sejam suportados em breve, como Flow e Solana.

Artistas e colecionadores poderão usar as carteiras Rainbow, MetaMask e Trust Wallet primeiro. 

Durante o anúncio das novidades sobre como NFTs irão funcionar no Instagram, Adam Mosseri (CEO da empresa) sugeriu que as blockchains e comercializadoras de tokens poderiam fornecer uma maneira nova para os criadores ganharem a vida. 

Entretanto, ainda não foi revelado se a plataforma pretende criar um sistema de coleções, como o existente no Twitter, ou um marketplace para comercialização de itens.

Depois do feedback da comunidade, o Instagram deve liberar a novidade para mais pessoas.

Quanto vai custar?

Ao contrário do Twitter – onde apenas os assinantes do Blue têm acesso aos serviços com NFTs – Mosseri reforçou que não haverá nenhum tipo de taxa vinculada ao compartilhamento ou postagem de um colecionável digital.

Porém vale salientar que as mudanças ocorrem de maneira muito rápida na plataforma. Todas as mudanças e implementações vão sendo construídas com base na utilização, especialmente da economia criadora forte, ou seja, do feedback dos criadores de conteúdo.

O Instagram espera que a inclusão dos NFTs na plataforma auxilie a criar oportunidades para um grupo menor de criadores.

Mas e a segurança? 

Para a plataforma, o fundamental é manter a segurança dos usuários e, como o NFT é um tipo de negócio baseado em credibilidade, as novidades chegarão com calma para que todos possam ir aprendendo com a comunidade.

Entretanto, algumas situações como as ocorrências com a conta do Instagram do Bored Ape Yacht Club (BAYC) que foi hackeada, tiveram impacto nas preocupações dos criadores e colecionadores.

De acordo com a CoinDesk o prejuízo estimado foi de quase US$ 3 milhões, com mais de 90 NFTs roubados. Os hackers promoveram uma distribuição falsa de NFTs que enganou os usuários a clicar em um link malicioso que dava aos hackers o controle de suas carteiras.

A Yuga Labs, empresa que criou o BAYC, afirmou que a autenticação de dois fatores foi ativada e que as práticas de segurança foram estritamente impostas. 

Uma outra preocupação polêmica em relação à NFTs no Instagram está na área da sustentabilidade. Estão sendo pensadas em formas de minimizar o impacto das emissões relacionadas à exibição de arte digital, comprando energia renovável.  

O que vem a seguir para Meta e NFTs?

Há esperanças de que as NFTs cheguem às outras plataformas da Meta em um futuro próximo. 

Em um vídeo, Mark Zuckerberg confirma que essa funcionalidade logo estará ativa no Facebook e, em breve, nos demais aplicativos da empresa. 

Existem uma previsão que os usuários apresentem NFTs em suas histórias do Instagram usando o Spark AR, a plataforma de software de realidade aumentada da Meta.

Atualmente, o Spark AR Hub do Facebook permite aos usuários promover, compartilhar, gerenciar e rastrear os efeitos de AR que fazem.

Zuckerberg afirma também que os criadores poderão, futuramente, usar o Instagram para cunhar NFTs no app. 

Gostou de conhecer como os NFTs irão funcionar no Instagram?

Aproveite para compartilhar com os amigos e ler também:


Por Equipe Apptuts
Seções:



Voltar ao topo