O que é um banco digital? Tudo o que precisa saber!
Nenhum Comentário
O que é um banco digital? Tudo o que precisa saber!
O que é um banco digital? Tudo o que precisa saber!

O que é um banco digital? Tudo o que precisa saber!

Nenhum Comentário

Querendo ou não, todo mundo precisa ter uma conta em algum banco para gerenciar suas finanças. No geral, a maioria só teve contato com algo mais tradicional, mas pouco a pouco os bancos digitais estão ficando mais conhecidos. Para quem ainda não conhece, um banco digital é uma opção com menos burocracia e que pode resolver a maioria dos seus problemas sem que você tenha que sair de casa.

Ou seja, você não tem que se deslocar para agências físicas ou esperar em filas para realizar tarefas simples. Felizmente, os bancos digitais têm se tornado cada vem mais comuns no mundo todo, incluindo no Brasil. Caso esteja curioso para saber tudo sobre o banco digital e se deve usá-lo, confira nosso guia abaixo!

O que é um banco digital?

conta com o nubank

Quem nunca ouviu falar sobre um banco digital antes pode ficar um pouco confuso no início. Afinal, parece quase impossível conseguir resolver tudo sobre sua vida financeira diretamente de um app ou sites.

Para começar, é bom clarificar dizendo que eles não tem muito a ver com aqueles apps de cartões de crédito ou até de carteira digital, como o PayPal. Em vez disso, os bancos digitais oferecem uma conta corrente, opções de investimento (se quiser ganhar dinheiro), a possibilidade de pagar contas e realizar transferência.

Só tudo funciona de maneira online, então você não precisa se deslocar para um estabelecimento físico. Isso pode ser ótimo para quem quer ganhar uma renda extra ao trabalhar em casa.

Afinal, você não precisa se distanciar do seu trabalho para resolver algo relacionado ao seu dinheiro ou conta. Também vale dizer que assim como nos bancos tradicionais, os digitais também oferecem cartões de crédito e débito.

Fora isso, em muitos bancos digitais, a vantagem é que não há anuidade para se manter o cartão.


Banco digital vs banco tradicional: qual é o melhor?

banco tradicional dicas

Agora que sabemos um pouco sobre como funciona o banco digital, vale falar mais sobre como ele se compara ao banco tradicional. É claro que os dois formatos têm pontos positivos e negativos igualmente.

Então tenha em mente que nenhum formato é perfeito ou ideal para todos os tipos de cliente. A questão é saber qual dos dois se encaixa melhor para o seu tipo de uso e necessidades.

1. Tarifas

Bom, não dá para fazer a comparação entre os bancos sem mencionar as taxas e tarifas com quais estamos tão acostumados. Como sabemos, todos os bancos tradicionais cobram taxas para que você tenha uma conta corrente com eles.

Basicamente, só as versões mais básicas não cobram taxas, mas o uso dessas contas são muito limitidas e não se encaixam no uso da maioria das pessoas. É aqui que o banco digital tem sua primeira vantagem.

Em sua maioria, os bancos digitais não cobram taxa alguma para que você abra e mantenha sua conta corrente com eles. Mesmo para gerenciar seu dinheiro, fazer transferências ou pagar contas, não é cobrado um valor extra.

Normalmente, apenas saques e certas transferências especiais acabam tendo algum tipo de cobrança de taxa.

2. Apps mobile

Atualmente, quase nenhum tipo de serviço consegue justificar a falta de um app mobile. Felizmente, isso significa que até os bancos tradicionais precisaram se modernizar neste sentido e oferecer aplicativos.

Só que a diferença de funcionalidade entre os apps dos bancos trandicionais e digitais é bem perceptível. Isso porque os apps de bancos digitais são a principal maneira de gerenciarmos nossas contas.

Já com o banco tradicional, essa é uma mera forma secundária. Ainda há muitas ações simples que poderiam ser resolvidas nos apps, mas que os bancos tradicionais insistem que sejam feitos em agências físicas.

Com os app de bancos digitais, tudo pode ser resolvido em segundos e sem burocracia. Fora isso, sua interface costuma ser mais agradável e fácil de aprender a usar.

Entre as funções que encontramos nos apps de bancos digitais estão maneiras de checar todo tipo de informações sobre a sua conta. Isso vale especialmente para as transações de cartão de crédito e débito.

Isso é ótimo para saber exatamente quando seu cartão foi usado, qual o valor, qual estabelecimento, etc. Assim, você tem um controle maior e pode ser notificado se alguém o utilizou de maneira indevida.

3. Cartões

Já que mencionamos cartões no último tópico, vale falar mais deles na nossa comparação dos bancos tradicionais e digitais. Os dois oferecem cartões de crédito e débito, como já sabemos.

Conforme mencionamos antes, os bancos digitais tem a vantagem de oferecem cartões sem qualquer tipo de anuidade. Fora isso, é possível  usar versões virtuais do mesmo caso não queira carregar o de plástico em todo lugar.

É claro que há bancos tradicionais que também oferecem opções similares, mas é ainda é mais raro em comparação aos digitais.

Quais os melhores bancos digitais?

Agora que sabemos mais sobre o que é um banco digital, vale a pena falar também das melhores opções atuais. Há muitas alternativas interessantes que você pode usar hoje em dia, especialmente as que mostraremos abaixo.

1. NuConta

como usar a nuconta

Já de primeira, vamos falar da NuConta, que é a conta digital do tão popular Nubank. Esse banco digital não possui tarifas, então você pode realizar transferências ilimitadas e grátis para outros bancos.

Ainda assim, é um dos poucos que não contam com saques direto da conta. Caso precise, você só pode fazer saques a partir do cartão de crédito e terá que lidar com uma tarifa meio chatinha.

Felizmente, você não fica dependente do cartão Nubank para ter uma NuConta. Outro aspecto a ser mencionado é que os depósitos por boleto são gratuitos e podem ser feitos a partir de R$ 20,00.

Caso tenha se interessado, é só acessar o link.

2. Agibank

Nossa próxima sugestão é o Agibank, que também tem se popularizado bastante. Ele não conta com taxas de manutenção de conta, mas seus outros serviços gratuitos são mais limitados.

A transferência entre contas Agibank são gratuitas e quem possui conta corrente pode fazer até 4 TEDs por mês sem custo. Já os saques podem ser feitos sem pagar tarifas até 4 vezes por mês em caixa eletrônicos e 2 vezes em casas lotéricas.

O depósito por boleto também é limitado, permitindo que gere no máximo 10 boletos grátis por mês. Vale mencionar que esse banco digital oferece cartões de crédito e débito para seus correntistas.

Caso tenha se interesasdo, dá para saber mais sobre o Agibank seguindo o link.

3. Inter

O Inter é realmente um que não poderia faltar entre as opções que você deveria conhecer. Como tantos outros, essa conta digital não faz cobranças pelos serviços que oferece.

Isso significa que você tem à disposição saques e transferências ilimitadas e grátis pelo app. Fora disso, ainda pode emitir boletos para depósito livremente e permite que faça investimentos, contrate seguros e peça empréstimos ou financiamentos.

A maior desvantagem é que eles não oferecem cartão de crédito aos correntistas. Ainda assim, vale a pena conferir ao acessar o link a seguir.

4. Pag

Em seguida, temos mais um banco digital que também não cobra taxa de manutenção. O Pag é um serviço que tem crescido bastante nos últimos meses e também oferece ótimos benefícios aos seus usuários.

Quem abre uma conta corrente, por exemplo, pode solicitar gratuitamente seu cartão de crédito e débito. O legal para quem acaba fazendo muitas transferências é que ele oferece TEDs gratuitos e ilimitados.

Também há a possibilidade de gerar boletos para depósito sem qualquer custo. Se gostou da ideia, você pode conferir mais no link a seguir.

5. Neon

Outra opção bem legal é o Neon, outro grande conhecido de quem já parou para pesquisar mais sobre bancos digitais. Inclusive, vale mencionar que ele é um dos mais modernos já que até atende aos comandos de voz da Siri.

Isso porque ele possui compatibilidade com a assistente virtual do iPhone e iPad, algo não muito visto em outros apps de banco. Fora isso, ele também não possui taxa de manutenção e traz duas modalidades de conta: a padrão e a Neon+.

Para usar a Neon+, basta realizar 10 compras através do cartão de débito do banco digital. Ao ativar o Neon+, você passa a ter transferências gratuitas ilimitadas.

A grande desvantagem do Neon é que não oferece cartão de crédito e cobra saques que realizar em caixas eletrônicos. Ainda assim, vale conhecer mais sobre ele ao acessar o link.

6. Sofisa Direto

Já o Sofisa Direto te permite fazer TEDs e depósitos por boletos ilimitados desde que o valor seja equivalente ou maior que R$ 30. Uma de suas únicas limitações é que os saques ficam limitados a 4 retiradas grátis por mês.

Felizmente, eles oferecem cartão de crédito e permitem que faça investimentos. Saiba mais sobre o Sofisa Direto ao seguir no link.

7. Next

Apesar de não exigir uma conta  do Bradesco, o Next pertence a eles. Eles oferecem três modalidades de conta, com pelo menos uma delas sendo livre de tarifas.

Você pode adquirir cartão de débito e crédito facilmente e o app ainda traz um gerenciador de finanças embutido, o que permite que administre melhor seu orçamento.

O Next também traz uma opção de investimento em renda fixa, mas é bom saber que sua rentabilidade é menor que a de uma conta poupança. Fora isso, o Next permite apenas uma transferência para outros bancos por mês.

Já clientes do Next podem transferir dinheiro entre si sem custo. Dá para ver isso e muito mais ao acessar o link.

8. Social Bank

O Social Bank é definitivamente um dos mais interessantes entre as nossas sugestões. Pelo menos desta lista, ele é o único que permite empréstimos a outros correntistas, com rentabilidade de 2% ao mês.

Fora isso, ele não cobra tarifa mensal de manutenção ou para transferências internas. Infelizmente, os DOCs e TEDs são tarifados, então vale ter isso em mente.

O Social Bank também oferece um cartão para compras, que na prática funciona simplesmente como um cartão de débito. Se quiser saber mais, é conferir no link.

9. Banco Modal Mais

O Banco Modal Mais é outro que não tem tarifas de manutenção e até oferece transferência e saques gratuitos. Só que é claro que isso acaba tendo uma limitação mensal.

O legal é que como ele foi criado por uma corretora de investimentos, você tem acesso à plataforma. Isso corta a necessidade de transferir dinheiro para investir em no Tesouro Direto, CDBs, LCIs e LCAs, etc.

Infelizmente, não há cartão de crédito e as operações do banco podem demorar mais que o normal. De qualquer forma, achamos que as vantagens valem a pena conhecê-lo melhor ao acessar o link.

10. Original

vale a pena o banco original

Já o banco digital conhecido só como “Original” é voltado para pessoas com renda maior que o normal. Até por isso, é um dos poucos a cobrar tarifa de manutenção.

Só que com isso, você tem saques e transferências gratuitos de maneira ilimitada à sua disposição. O Original também oferece cartões de débito e crédito para compras e saques em caixa eletrônico.

Vale mencionar ainda que a conta digital também te dá acesso a uma plataforma de investimentos e seguros. Você pode conferir mais ao conferir o site oficial.

O que achou do banco digital?

Conseguiu aproveitar o nosso guia para aprender mais sobre o que é um banco digital? Só não esqueça de deixar seu comentário nos dizendo o que achou desse novo tipo de banco e se acredita que ele realmente vale a pena.





Comente este artigo

* Campos de preenchimento obrigatório

Voltar ao topo